Últimas Notícias > Colunistas > Fatos históricos do dia 16 de julho

Líderes do PCC são transferidos para Brasília

o líder do PCC Marcola foi um dos presos transferidos para Brasília. (Foto: Reprodução/TV)

Nesta sexta-feira, quatro líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) foram transferidos para a Penitenciária Federal de Brasília. Dentre eles, está o principal chefe do grupo, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola. Os presos estavam na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia, e a mudança ocorreu em função de protocolos de segurança pública que preveem a alternância de abrigo dos detentos de alta periculosidade ou integrantes de organizações criminosas, segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Além de Marcola, integram o grupo transferido Cláudio Barbará da Silva, Patrik Wellinton Salomão, e Pedro Luiz da Silva Moraes, o Chacal. Eles foram transportados para a capital federal em uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) e a operação foi acompanhada por agentes da Polícia Federal (PF) e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), além da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Inaugurada em outubro de 2018, a Penitenciária Federal de Brasília é uma das cinco unidades de segurança máxima federais destinadas a isolar presos condenados e provisórios sujeitos ao Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), líderes de organizações criminosas e réus colaboradores presos ou delatores premiados que correm risco de vida no sistema estadual.

Deixe seu comentário: