Últimas Notícias > Colunistas > Fatos históricos do dia 23 de outubro

Maia rebate críticas de Guedes e afirma que governo virou “usina de crises”

Avaliação de Maia foi feita quando ele respondia a uma plateia de estudantes sobre quais foram os momentos da sua carreira que julgava mais importantes. (Foto: Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse, nesta sexta-feira (14), que o ministro da Economia, Paulo Guedes, está “gerando crise desnecessária” e que o governo de Jair Bolsonaro virou uma “usina de crises”.

A declaração de Maia foi uma resposta às críticas de Guedes, feitas também nesta sexta, de que o relatório apresentado na comissão especial da reforma da Previdência na Câmara poderia “abortar nova previdência”. Além disso, o ministro da Economia insinuou que pressões corporativas dos servidores do Legislativo influenciaram decisão de relator Samuel Moreira, e que as mudanças apresentadas foram maiores do que o governo esperava.

Maia afirmou que blindou a reforma da Previdência das crises que são geradas pelo governo. O presidente da Câmara ainda criticou o ministro Paulo Guedes, o acusando de não ser “justo com o parlamento brasileiro”, que estaria conduzindo sozinho a articulação para aprovar a nova reforma.