Últimas Notícias > Capa – Você viu > Uma agência nos Estados Unidos vai pagar mil dólares para quem adotar cavalos selvagens

Mais duas escolas foram atingidas por tiros na manhã desta quarta-feira

A mãe de um dos estudantes foi atingida, enquanto levava o filho à escola. (Foto: Reprodução/Onde Tem Tiroteio)

O tiroteio na Escola Estadual Raul Brasil, no município de Suzano (SP), não foi o único desta quarta-feira (13). Outras duas escolas na região da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, foram alvos de tiros nesta manhã (13).

Os disparos foram feitos fora do ambiente escolar, mas entraram pela janela do refeitório do Colégio Estadual Marcílio Dias, e perfuraram uma bandeja de alimentos e a parede de uma das salas. A mãe de um aluno, que atravessava a rua na frente da Escola Municipal Padre Ramon, foi atingida por uma bala perdida enquanto levava o filho à aula, a menos de 600 metros da outra escola atingida. Ela foi encaminhada à um posto de saúde no Lote XV, próximo à região.

Os alunos estavam em aula quando os disparos começaram do lado de fora de ambas as unidades. As aulas do turno da tarde foram suspensas.
Os disparos ocorreram quando um veículo blindado da Polícia Militar foi atacado, nas proximidades das escolas, enquanto levava agentes do 39º Batalhão (Belford Roxo) para uma operação no Complexo do Roseiral. A PM afirma que não houve disparos por parte dos policiais militares.

No ano de 2018, foram registrados 342 disparos de arma de fogo no Rio de Janeiro nas proximidades de escolas. Ao menos 170 instituições de ensino públicas foram afetadas durante esses episódios, um acréscimo de 204% em relação ao ano anterior – em 2017, foram 56 escolas prejudicadas.

Deixe seu comentário: