Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Confira dicas para evitar golpes durante saque do FGTS

Michael Schumacher está consciente, de acordo com enfermeira

Jornal francês alimentou o mistério em torno do estado de saúde do ex-piloto. (Foto: Reprodução)

O heptacampeão de Fórmula 1 Michael Schumacher está consciente depois de passar por um tratamento com células-tronco em Paris, na França, disse uma enfermeira. A informação foi divulgada pelo jornal francês Le Parisien.

O alemão foi levado ao hospital Georges-Pompidou na segunda-feira (09), sendo tratado pelo cirurgião Philippe Menasché. A lenda da F-1 não é vista em público desde um acidente de esqui em 2013, no qual sofreu graves lesões na cabeça.

“Sim, ele está sob meus cuidados”, disse a enfermeira, que não teve o nome divulgado. “E posso garantir que ele está consciente”, prosseguiu ela.

Filho

Mick Schumacher, filho de Michael Schumacher, afirmou que a F-1 é o seu destino. Em entrevista à emissora Sky Sports, o jovem de 20 anos falou sobre suas ambições na carreira automobilística e sua experiência na F-2, categoria que serve como um treinamento para a vida na Fórmula 1.

“A F-1 é o meu destino. Eu não me comparo a ninguém da F-1 atualmente, obviamente eu me comparo ao meu pai. Eu vejo o que ele fez, quais os passos que ele deu e o que ele fez diferente dos outros e ver o que de positivo posso tirar disso”, afirmou Mick.

Em 2018, Mick Schumacher conquistou a Fórmula 3 Europeia pela equipe Prema Theodore Racing. As boas corridas fizeram com que a Ferrari o contratasse para ser um piloto da Academia Ferrari, a Ferrari Driver Academy, no início de 2019.

“É muito importante dar um passo após o outro. Nós fizemos isso até agora e a F-2 deve ser o último passo antes da F-1”, ressaltou o alemão.

Muito pouco se sabe sobre o estado de saúde de Michael Schumacher, que sofreu um grave acidente de esqui no final de 2013 e, desde então, a família do heptacampeão da Fórmula-1 vem mantendo sua situação da forma mais sigilosa possível.

Entretanto, mesmo após mais de cinco anos, Michael Schumacher pode realizar um dos grandes sonhos da sua vida: ver o filho correndo na F-1.

Em entrevista ao site Motorsport Total, Willi Weber, que trabalhou por muito tempo como gerente de Schumi, revelou que o piloto já estava impaciente para que seu filho Mick Schumacher alcançasse a principal categoria do automobilismo.

“Eu estive algumas vezes com Michael Schumacher quando ele estava com Mick para ver as corridas de kart, onde ele deu seus primeiros passos no esporte. Tive a impressão de que Michael estava ansioso para levá-lo à Fórmula-1 e gerenciar toda vida do filho nisso”, disse.

Deixe seu comentário: