Últimas Notícias > Notícias > Brasil > A cirurgia de Bolsonaro para retirada da bolsa de colostomia será realizada após o Fórum Econômico de Davos, disse um médico

Padre motoqueiro comandou a procissão de Nossa Senhora Aparecida em Porto Alegre

Os motociclistas se dirigiram até o Complexo Cultural do Porto Seco, na Zona Norte. (Foto: EPTC/Divulgação)

Na manhã desta sexta-feira (12), a procissão dos motociclistas em homenagem a padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, reuniu cerca de 30 mil participantes nas ruas de Porto Alegre, segundo a Brigada Militar. Também de motocicleta, o padre Vanderlei Bock comandou o trajeto, que teve início na avenida Augusto de Carvalho e terminou na área lateral do Complexo Cultural do Porto Seco.

A santa é considerada protetora dos motociclistas.

Eles seguiram pelas vias Loureiro da Silva, Presidente João Goulart, Siqueira Campos, Júlio de Castilhos, Conceição, Farrapos, Sertório, Assis Brasil, Francisco Silveira Bittencourt, Plinio Kroeff e Élvio Antônio Filipetto.

O ato, que terminou antes das 10h, foi acompanhado pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) e pela Brigada Militar a fim de coibir infrações de trânsito. Alguns motociclistas foram multados. Entre as principais irregularidades flagradas, estão manobras arriscadas, como empinar as motos, e o não uso do capacete.

Santuário

O Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, no município de Aparecida (SP), recebeu nesta sexta, feriado dedicado à santa, milhares de romeiros e fiéis. Com o tema Em Jesus, com Maria, Restauramos a Vida, este ano, a Basílica comemora 40 anos da restauração da imagem da padroeira, após ter se quebrado num atentado em 1978.

Segundo o reitor do Santuário, padre João Batista, o Brasil precisa também de oração por causa das eleições presidenciais. Este ano, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) tenta impulsionar a liderança dos cristãos leigos na comunidade. “É um momento para a gente rezar pela nossa Igreja, sobretudo aqui no Brasil e na América Latina, para que possa ser restaurada e reestruturada a partir da missão do leigo”, disse o padre.

Obras

As obras de acabamento feitas no Santuário Nacional em 2016 e 2017, em vista da comemoração, ano passado, dos 300 anos da aparição da imagem, serão retomadas em 2019. “Temos muita coisa para frente ainda, como o revestimento das capelas de passagem, a concepção artística para as Capelas São José e Capela do Santíssimo para, em seguida, fazer o revestimento, finalizar o teto das naves, o revestimento da parte externa da Basílica, entre outras obras necessárias.”

A festa do tricentenário em 2017 recebeu 200 mil visitantes. No feriado de 2016, que caiu em uma terça-feira, foram recebidos 150 mil fiéis.

Deixe seu comentário: