Home > Capa – Fama & TV > Ator Felipe Titto tranquiliza fãs após infarto

Moradora de Esteio que viajou ao Nordeste no verão passado pode ter contraído Zika vírus

As causas exatas do surto no Brasil ainda estão sendo investigadas, mas há fortes evidências de que o zika vírus tenha relação com o surto. (AP)

A Secretaria Municipal de Saúde de Esteio, no Rio Grande do Sul, informou que está em análise um caso suspeito de contaminação, vindo de fora do Estado, por Zika vírus, enfermidade transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti e associada à microcefalia congênita.

A mulher, que viajou ao Nordeste no último verão, registrou os sintomas da doença na gestação e seu filho nasceu com a patologia que afeta o tamanho da cabeça e do cérebro, influenciando o desenvolvimento mental.

Hoje, com quatro meses de vida, a criança está recebendo atendimento especializado. Na gravidez e em complicações subsequentes, a mãe foi atendida pelo seu plano privado e não procurou a rede municipal de Saúde.

Apesar da suspeita de que a transmissão tenha ocorrido no Nordeste há quase um ano, e o baixo risco de novas contaminações na cidade, a prefeitura de Esteio quer reforçar o número de agentes que atuarão no combate aos focos do mosquito Aedes Aegypti. Um processo seletivo de caráter emergencial será aberto para contratar novos funcionários e reforçar a equipe de campo.

Há anos Esteio não registra casos de qualquer doença transmitida pelo inseto, que também é vetor da dengue e da febre chikungunya. Se a suspeita se confirmar, a Secretaria Municipal de Saúde informará a comunidade.

Comentários

Notícias Relacionadas: