Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Filho de Osama Bin Laden está morto, diz Casa Branca

Moradores de Brumadinho realizam ato para marcar seis meses da tragédia



Brumadinho ainda enfrenta diversos problemas causados pelo rompimento da barragem. (Foto: Divulgação)

Familiares de vítimas de Brumadinho realizaram um ato nesta quinta-feira (25), para marcar os seis meses do rompimento da barragem da Vale em Minas Gerais, que deixou 248 mortos, até o momento. Os participantes fizeram 22 mini-jangadas de bambu, carregadas com rosas brancas, para simbolizar cada vítima que ainda não foi encontrada pelas equipes de resgate.

As mini-jangadas foram lançadas no Rio Paraopeba, que atualmente está poluído pelos rejeitos. Além disso, o ato contou com a participação de um funcionário da empresa Vale, que homenageou os amigos mortos pelo rompimento da barragem.

As famílias ainda fizeram uma caminhada e clamaram por justiça, carregando diversos cartazes e fotos das vítimas. Na ponte que atravessa o Rio Paraopeba, uma faixa com a frase “O lucro não Vale a vida” chamava a atenção de quem passava pelo local. O silêncio tomou conta da manifestação às 12h28, horário em que a barragem se rompeu, há seis meses.

As buscas pelos 22 desaparecidos continuam. Moradores e familiares de vítimas ainda buscam com os responsáveis a compensação dos danos sofridos pela tragédia.

Deixe seu comentário: