Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 38 milhões

Moro nega que tenha ordenado a destruição de mensagens hackeadas

Movimento é resposta a questionamentos do Ministério Público Federal sobre ilegalidades da medida. (Foto: Fabio Rodrigues/Agência Brasil)

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, enviou um documento ao ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), alegando que não ordenou a destruição das mensagens de autoridades obtidas por hackers. Ainda de acordo com o ministro, o material apreendido está vinculado ao inquérito da Polícia Federal, no qual ele não tem acesso. O ministro afirmou que tratou-se de um mal entendido.

O material obtido faz parte da Operação Spoofing, que já prendeu temporariamente quatro suspeitos de invadir os celulares de autoridades. A informação de que Moro teria dito que as mensagens seriam descartadas ‘para não devassar a intimidade de ninguém’ foi divulgada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha. A ação fez com que a Polícia Federal se manifestasse e reiterasse que preservaria qualquer conteúdo das mensagens.

Deixe seu comentário: