Últimas Notícias > Notícias > Política > Rede de academias já conta oito clientes presos na Operação Lava-Jato

Mulher que acusou Neymar de estupro comenta denúncia pela primeira vez: “Eu pedi para ele parar e ele continuou”

Najila afirma que foi estuprada por Neymar em Paris, na França. (Foto: Reprodução de TV)

Em uma entrevista concedida nesta quarta-feira (5), a mulher que acusou Neymar de estuprá-la em um hotel de Paris, manteve sua versão sobre os fatos. Ao jornalista Roberto Cabrini, no SBT Brasil, Najila Trindade assegurou: “Fui vítima de estupro”.

A denunciante ainda contou que era com “intuito sexual” a viagem para ver o atleta e disse que “conversou com ele como uma pessoa normal”. Segundo ela, durante a conversa, ao afirmar não ter condições financeiras de encontrá-lo, o craque do Paris Saint-German e da seleção brasileira teria se oferecido para arcar com os custos. “Ele não precisava fazer isso comigo. Eu já estava ali para isso. Sou livre, desempedida”.

Motivação

Sobre as dúvidas levantadas pelo ex-advogado dela, referentes ao caso envolver agressão ou estupro, Najila reforçou: “agressão juntamente com estupro”. Ela afirmou que tudo começou porque teria se negado a fazer sexo sem preservativo. “Ele me virou e cometeu o ato. Eu pedi para ele parar e ele continuou. Enquanto ele cometia o ato, ele continuava batendo na minha bunda violentamente e depois eu girei, foi tudo muito rápido, e me retirei”.

Najila disse ter afirmado que não poderiam transar sem camisinha e entendido que Neymar havia concordado. Porém, conforme ela, foi quando ocorreu o estupro. A denunciante descreve como se sentiu no momento: “Quando ele me virou, ele começou o ato comigo. Eu não acreditei. Foi uma decepção. Eu não consegui falar nada para ele. Não consegui xingar, chorar.. só fiquei em estado de choque. Depois, ele levantou, foi pro banheiro. Quando ele entrou pela porta, eu saí pela outra”.

Dia seguinte

Nas redes sociais, um dos principais argumentos utilizados para contrariar a versão de Najila é o fato de as conversas vazadas por Neymar mostrarem que os dois continuaram se falando no dia seguinte ao suposto estupro. “Eu tive que assimilar tudo, todo o acontecimento e, quando ele saiu do quarto, eu comecei a entender tudo o que tinha acontecido comigo, como ele foi estúpido, ruim.. eu quis fazer justiça. Porque eu não acho que só porque eu estava a fim de ficar com ele, ele deveria fazer isso comigo. Eu sabia que se não falasse com ele normalmente, eu não teria como provar depois”, explicou ela.

O assunto dinheiro também foi mencionado na entrevista e Najila disse não ter tentado extorquir o atleta: “Da minha parte não”. o único intuito da denúncia, de acordo com a modelo, é buscar justiça: “Quero que ele pague pelo o que ele fez”, afirmou ela, que complementou: “Uma questão de honra”.