Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Carro no Brasil terá 13 novos itens obrigatórios de segurança; veja quais

Neste sábado tem recital gratuito na Biblioteca Pública do Estado, em Porto Alegre

Evento é gratuito na Biblioteca Pública do Estado. (Foto: Solange/Brum Divulgação)

Neste sábado (2), a Biblioteca Pública do Estado recebe o espetáculo Recital Lírico, a partir das 19h. O repertório inclui obras de Giuseppe Verdi, Vincenzo Bellini, Giacomo Puccini e Francesco Cilea. O trio de vozes é composto pela soprano Nelly Baldauf, pelo baixo-barítono Manoel Augusto Santos e pelo tenor Eduardo Bighelini, além do acompanhamento do pianista Alexandre Constantino.

Destaques

Nelly Baldauf é gaúcha e seu repertório abrange o lírico e o dramático, incluindo a música sacra e a música brasileira. Possui especialização na Itália e participou de inúmeras óperas, como La Traviata (Verdi), Cavaleria Rusticana(Pietro Mascagni), Cosi Fan Tutte (Mozart) e Viúva Alegre (Franz Lehar).

Manoel Augusto Santos realizou estudos no Brasil, no Uruguai e na Espanha, incluindo cursos breves e aulas prolongadas. Esteve como barítono solista junto à Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) na década de 1980, com as óperas Pagliacci (Ruggero Leoncavallo) e La Traviata. Já atuou como professor de canto e técnica vocal em cursos para corais e cantores solo.

Eduardo Bighelini é tenor, natural de Porto Alegre e realizou cursos de aprimoramento com diversos professores, como Luciano Pavarotti. Conquistou prêmios nacionais e internacionais entre 2002 e 2005 e atuou como solista em eventos com Bibi Ferreira, Yamandu Costa, Renato Borghetti e Roberto Carlos.

Alexandre Constantino é natural de Santiago/RS e se graduou em Piano no Instituto de Artes da Ufrgs. Em 1979, foi aprovado no Concurso Jovens Instrumentistas, promovido pela Ospa, ao executar duas obras de Mozart com a Orquestra de Ivoti: Concerto para Piano e Orquestra K 496 e Concerto nº 1. Atualmente se apresenta em recitais de música de câmara e canto.

Histórico da biblioteca

A história da Biblioteca Pública do Estado começa na Província de São Pedro durante o reinado de Dom Pedro II. A 30 de março de 1871 o deputado João Pereira da Silva Borges Fortes Filho apresentou à Assembléia Provincial do Rio Grande do Sul um Projeto de Lei pedindo a criação de uma biblioteca oficial. O projeto foi aprovado e transformado em Lei n° 724 de 14 de abril do mesmo ano, tendo sido sancionado pelo então presidente da Província, Francisco Xavier Pinto de Lima.

Em 21 de janeiro de 1877 a BPE foi instalada e aberta ao público possuindo 1809 obras em 3.566 volumes. Seu diretor e principal organizador, foi o Dr. Fausto de Freitas e Castro. Neste ano atendeu 1483 leitores que consultaram 691 obras.

Em 2015, após oito anos em obras, a Biblioteca Pública do Estado voltou a funcionar e a oferecer eventos culturais para a população, além de sua atividade principal, de emprestar livros.

Programa

Nelly Baldauf
– Francesco Cilea: Ecco, respiro appena (Adriana Lecouvreur)
– Giacomo Puccini: Vissi d’arte (Tosca)
– Giacomo Puccini: Valsa de Musetta (La Bohème)

Eduardo Biguelini
– Francesco Cilea: Lamento di Federico (L’Arlesiana)
– Giuseppe Verdi: Nium mi tema (Otello)

Manoel Augusto Santos
– Vincenzo Bellini: Vi ravviso, o luoghi ameni (La sonnambula)
– Giuseppe Verdi: Il lacerato spirito (Simon Boccanegra)
– Giuseppe Verdi: Ella giammai m’amò

Duetos
1) Manoel e Nelly
– Vincenzo Bellini: Sofriva nel pianto – Lucia di Lammermoor

2) Manoel e Biguelini
– Giuseppe Verdi: Solenne in quest’ora (La forza del destino)

3) Biguelini e Nelly
– Giuseppe Verdi: Già nella notte densa (Otello)

Serviço – Recital Lírico
Dia: 2 de novembro de 2017 (sábado)
Horário: 19h
Local: Salão Mourisco da BPE – Rua Riachuelo, nº 1190 – Centro Histórico – Porto Alegre/RS
Entrada franca

Deixe seu comentário: