Home > CAD1 > O desejo de independência da Catalunha talvez tenha sido a primeira vítima colateral do atentado de Barcelona

Neymar chora e é consolado por Daniel Alves após a desclassificação do Barcelona

Neymar (E) é consolado por Daniel Alves (Foto: AP)

Neymar não conteve as lágrimas após o empate sem gols com a Juventus que eliminou o Barcelona, na quarta-feira (19), na fase de quartas de final da Liga dos Campeões. O atacante da Seleção Brasileira acabou sendo consolado no fim da partida pelo lateral Daniel Alves, da equipe italiana e companheiro do atacante na Seleção.

A partida disputada no Camp Nou terminou empatada em 0 a 0, resultado que beneficiou a Juventus por ter vencido o jogo de ida por 3 a 0. Mesmo jogando em casa, o time espanhol não conseguiu nem marcar o gol de honra, apesar das boas chances criadas.

O resultado, decepcionante para a torcida presente no Camp Nou, também abalou os jogadores do Barcelona. E Neymar não resistiu às lágrimas ao abraçar Daniel Alves. “O Ney é bastante parecido comigo, entrega tudo na profissão. E acredito que, se você não consegue [se classificar], depois de tanto esforço, o choro é um pouco de insatisfação de ficar fora de uma competição tão importante como essa”, declarou o lateral da Juventus.

Para Daniel Alves, Neymar logo dará a “volta por cima” junto com o time do Barcelona. “A vida tem dessas coisas. E a volta por cima é uma das coisas que mais diferencia um campeão de um aspirante a ele. E o Ney é um campeão”, declarou o lateral.

A Juventus agora aguarda o sorteio de sexta-feira para conhecer o seu rival nas semifinais. Os candidatos são Real Madrid, Atlético de Madrid e Mônaco.

Comentários