Últimas Notícias > Colunistas > Policiais x Bolsonaro

Neymar depõe à polícia e afirma estar tranquilo: “A verdade aparece, cedo ou tarde”

Neymar chegou na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher para depor. (Foto: Nacho Doce/Reuters /Divulgação Agência Brasil)

Neymar esteve na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, na zona sul da capital paulista, para depor sobre as acusações de agressão e estupro feitas por Najila Trindade Mendes de Souza. Segundo a modelo, ele teria praticado os crimes durante encontro em um hotel de Paris, no mês de maio.

O depoimento concedido pelo atleta nesta quinta-feira (13), durou cerca de três horas e, depois, ele permaneceu na delegacia para a leitura do documento integrará o inquérito policial. A delegada Juliana Bussacos é quem comanda o caso, que corre em segredo de Justiça.

Informações preliminares apontam que Neymar disse à delegada que negou ter feito sexo sem a autorização de Najila. Ele confirmou que deu tapas na mulher, pois ela havia pedido e que, na foto em que as nádegas dela aparecem, ela que teria feito a pose.

O jogador confirmou ter feito sexo com camisinha e que havia bebido apenas uma dose no primeiro encontro. Neymar disse que, no segundo encontro, pretendia levá-la a uma balada, mas ela começou a agredi-lo e ele foi embora.

No final do depoimento, o jogador chorou e disse que é o pior acontecimento de sua vida e que nenhuma lesão se compara a isso.

Após deixar a delegacia, o jogador agradeceu o apoio e as mensagens que está recebendo, além de dizer que está muito tranquilo. “A verdade aparece, cedo ou tarde. O único desejo que eu tenho agora é que esse caso acabe o mais rápido possível”, afirmou Neymar.

 

Deixe seu comentário: