Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Nicolás Maduro: de líder da revolução bolivariana a presidente acusado de provocar o caos venezuelano

Quase nu, Neymar é fotografado só de toalha e causa alvoroço na internet

Imagem faz parte de uma série que já contou com outras celebridades. (Foto: Reprodução/Instagram)

Nessa segunda-feira, o jogador brasileiro Neymar, do PSG (Paris Saint-Germain), empolgou os seus seguidores na rede social Instagram ao compartilhar em seu perfil uma fotografia ousada, vestindo apenas uma toalha de banho. O clique faz parte da famosa série “Towels” (“toalhas”, em inglês), do renomado fotógrafo de moda peruano Mario Testino.

Além do atleta de 25 anos, várias outras celebridades da mídia brasileira já posaram para o projeto. A lista inclui os atores Cauã Reymond e Grazi Massafera e as modelos Gisele Bündchen e Yasmin Brunet.

De acordo com a postagem, Neymar – o jogador mais caro da história do futebol – foi a 150ª personalidade a posar para a sequência de fotos de toalha feitas por Testino e que desde 2014 movimentam as redes sociais (nos Estados Unidos, uma das estrelas foi o cantor Justin Bieber).

Coincidência ou não, em novembro de 2017, Neymar foi modelo do fotógrafo para uma das capas da revista britânica “Man About Town”, que completava uma década.

Assédio

Testino, que sempre movimenta a internet com os retratos de famosos vestindo apenas toalhas brancas, costuma fazer as imagens nos bastidores de outros trabalhos ou quando despretensiosamente encontra amigos famosos. Ao longo de quatro décadas de carreira, ele assinou ensaios para campanhas publicitárias de grandes marcas. O seu trabalho tem aparecido em revistas renomadas, dentre elas a francesa “Vogue”.

Cliques ousados de famosos à parte, vale lembrar que no começo deste ano Testino foi acusado de assédio sexual por 13 pessoas citadas em um artigo do jornal norte-americano “The New York Times”. Vários modelos e ex-assistentes o acusam de ter feito investidas sexuais, embora nenhum afirme ter cedido ao suposto assédio.

Deixe seu comentário: