Últimas Notícias > CAD1 > Focado no Veranópolis, o Grêmio realizou um treino técnico intenso

Neymar fez uma festa de aniversário com a presença de Wesley Safadão e amigos em Paris

Neymar chegou à sua festa acompanhado da mãe e do filho. (Foto: Reprodução/Instagram)

Neymar reuniu celebridades e amigos em uma festona em Paris para celebrar seu aniversário de 27 anos na noite desta segunda-feira (4). O evento acontece no hotel Pavillon Gabriel e tem como tema a cor vermelha.

O craque chegou acompanhado do filho, David Lucca, e com muletas vermelhas, combinando com seu figurino.

Dentre os convidados estavam grandes nomes do futebol, da música e diversas celebridades como Gabriel Medina, Nego do Borel, Izabel Goulart e Daniel Aves, além de Wesley Safadão, umas das atrações musicais da noite.

Mas quem Neymar não esperava que fosse cantar em sua festa era Marília Mendonça, que apareceu de surpresa na celebração a convite da mãe do jogador. Em um vídeo, é possível ver os dois se abraçando e Neymar visivelmente emocionado com o momento.

A cantora entrou cantando ‘Parabéns a Você’, mas o jogador demorou a perceber o que estava acontecendo no momento, indo às lágrimas ao reconhecer Marília.

A sertaneja está na Europa para sua primeira turnê pelo continente, que passou por Inglaterra, Holanda, Alemanha e Portugal na última semana.

O atacante faz aniversário nesta terça-feira (5). Apesar disso, a festa ocorreu no dia anterior. O espaço escolhido tinha capacidade para receber até 2 mil pessoas.

A Red Bull, empresa patrocinadora do jogador, arcou com os custos do evento para até 500 convidados. Isso porque o contrato de Neymar com a Red Bull prevê que a patrocinadora fosse responsável pela organização da festa.

Nos últimos dias, a mãe, Nadine, e o filho, Davi Lucca, chegaram em Paris para dar apoio a Neymar por causa da lesão e ficaram para o aniversário. A irmã Rafaella também viajou para a capital francesa.

Lesão

Mesmo lesionado, Neymar seguiu em Paris para se recuperar. O PSG designou o médico Hakim Chalabi, o mesmo que cuidou de Ronaldinho Gaúcho, para gerir o tratamento no pé direito do atacante brasileiro.

Neymar sentiu a lesão no dia 23 de janeiro, durante vitória sobre o Strasbourg, e ainda não tem prazo para retornar às atividades. O jogador foi reavaliado pelo médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, antes de o PSG optar por designar Chalabi.

No último dia 27 de janeiro, Thomas Tuchel, técnico do PSG, confirmou que o brasileiro não estará à disposição para a primeira partida contra o Manchester United, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, que acontecerá no dia 12 de fevereiro.

A expectativa é que Neymar fique até 10 semanas longe dos gramados. Em entrevista em Paris, o técnico Tite disse que não convocará o jogador para os amistosos da Seleção Brasileira em março caso ele não esteja 100%. “Neymar não vai pagar o preço por causa da saúde. Perco meu emprego, mas não vou carregar essa responsabilidade de convocá-lo (machucado)”, disse.

 

Deixe seu comentário: