Últimas Notícias > CAD1 > Pesquisa aponta que eleitores de Lula indicam Bolsonaro como segunda opção de voto e vice-versa

Neymar muda plano e diz que não acionará a Fifa contra o Barça

Advogado de Neymar espera do Barça uma resolução amigável. (Foto: PSG/Divulgação)

O estafe de Neymar comunicou nesta sexta-feira (11) que não irá mais acionar o Barcelona na Fifa (a entidade máxima do futebol). Em 3 de agosto, o blog do Perrone noticiou que os representantes do atacante notificaram a Fifa contra o Barça pelo bloqueio de 26 milhões de euros (97,5 milhões de reais), valor referente a um bônus da renovação de Neymar quando assinou um novo compromisso no ano passado.

A informação havia sido dada ao blog por um membro ligado à empresa dos pais do jogador.

Em entrevista coletiva, porém, o advogado Marcos Motta, que presta serviço às empresas dos pais de Neymar, disse que espera do Barça uma resolução amigável da pendência financeira.

Não há rusgas com o Barcelona. Não existe nenhum problema de relacionamento com o Barcelona. Houve o cumprimento de um contrato [entre PSG e Barcelona] e por essa razão esperamos que seja cumprido também aquilo que foi pactuado com o atleta”, disse Motta.

Não há intenção de acionar a Fifa. Vamos esperar. Espero não ser preciso que isso ocorra”, acrescentou.

O dinheiro havia sido prometido pelo Barça na última renovação contratual de Neymar em duas parcelas iguais. O bloqueio foi feito na segunda prestação. Os catalães depositaram a verba em juízo, pois contestam a saída de Neymar para o time de Paris.

No entendimento do Barça, a quantia era devida pelo cumprimento do contrato inteiro, de cinco anos (até 2022). Diante do risco de o jogador se transferir antes desse período, o clube decidiu fazer o depósito em juízo.

Por sua vez, o estafe do atacante entende que o montante faz parte do salário dele e alega que o contrato não condicionava o pagamento ao cumprimento do compromisso até o final, e sim ao primeiro ano do novo contrato.

Estreia

O craque brasileiro Neymar está livre para fazer a sua estreia pelo Paris Saint-Germain no domingo (13), às 16h, contra o Guingamp, pela segunda rodada do Campeonato Francês. 

Os 222 milhões de euros (R$ 821 milhões) enfim caíram na conta do Barcelona, que enviou o documento que faltava à RFEF (Federação Espanhola), que por sua vez mandou o CIT (Certificado de Transferência Internacional) da Fifa (a entidade máxima do futebol) à Liga de Futebol da França. O craque está com muita vontade de entrar em campo o quanto antes, tem dado show nos treinos e tudo leva a crer que ele será titular contra o Guingamp.

O modesto time francês, por sinal, vinha torcendo pela estreia de Neymar. O estádio Roudourou tem capacidade para 18 mil pessoas e, mesmo antes da liberação do atacante, o clube já tinha recebido mais de 200 pedidos de credenciamento para o jogo – o detalhe é que a tribuna de imprensa comporta apenas 80 jornalistas. (Bruno Thadeu e Ricardo Perrone/UOL e AG)

Deixe seu comentário: