Últimas Notícias > CAD1 > Pelo menos 600 mil pessoas foram vacinadas contra gripe em Porto Alegre

Novas mudanças no governo e na Assembleia?

Rodrigo Lorenzoni poderá assumir cadeira na Assembleia Legislativa. (Foto: Divulgação)
O nome do Secretário de Desenvolvimento e Turismo será conhecido nesta quinta-feira, adianta o governador Eduardo Leite. Ele quer o novo secretário ao seu lado na próxima semana, no ato de lançamento do programa RS Parcerias, que abrirá edital para concessão de rodovias à iniciativa privada. As parcerias incluirão setores como cultura, educação e segurança.
PSL examina convite
O deputado estadual Ruy Irigaray, consultado, aceitou assumir a Secretaria do Desenvolvimento após ouvir colegas das bancadas estadual e federal. Seria uma forma de estreitar a afinidade da gestão estadual com o governo federal. A condição seria receber “porteira fechada” e preencher os cargos com técnicos, ao invés de cabos eleitorais. Porém, apesar do consentimento de praticamente todos os deputados estaduais e federais do PSL, um veto isolado do deputado estadual e presidente do partido, Luciano Zucco impede que o convite seja confirmado.
Mudanças na Assembleia
Caso Ruy Irigaray aceite o cargo de secretário, assumiria sua cadeira na Assembleia o suplente Rodrigo Lorenzoni, do DEM. Como Rodrigo ocupa a Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios, outra mudança ocorreria no primeiro escalão do governo.
Volta a pauta da adesão ao RRF
Técnicos da Secretaria Nacional do Tesouro virão ao Rio Grande do Sul na próxima semana pra uma nova rodada de avaliação dos termos de adesão do Estado ao RRF (Regime de Recuperação Fiscal), que poderá assegurar o Estado a renegociação da dívida com a União com carência de três anos prorrogáveis por mais três. O anúncio foi feito ontem pelo governador Eduardo Leite, na Federasul.
Como ficará a EGR
A EGR, Empresa Gaúcha de Rodovias, que vinha sendo preservada no governo Sartori como opção para contrair operações de crédito caso ocorresse espaço de abertura fiscal, será mesmo extinta, ou em último caso, alterar seus objetivos. O acervo das rodovias sob controle da EGR será repassado para a empresa que vencer a licitação de concessões.
Ciro cita “lado bandido do PT”.
Candidato derrotado à Presidencia da República, Ciro Gomes voltou ontem a atacar o PT: “O PT sabe que eu e o PDT ameaçamos essa hegemonia apodrecida deles. Bolsonaro é produto do lado bandido do PT. E eu continuo achando que quem está mandando ali (no PT)  é esse lado bandido. Eles estão completamente perdidos. Por isso, só resta agora a esse lado bandido do PT bater em mim”.

Deixe seu comentário: