Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Bolsonaro disse que a Itália pode contar com ele para a extradição do “terrorista assassino” Cesare Battisti

Nutricosméticos com nanotecnologia, cápsulas que são o futuro da beleza

Os produtos são compostos por pequenas partículas inteligentes, capazes de fazer com que o organismo absorva o composto, de forma mais rápida e eficiente, explica Luís Canabarro Cunha. (Foto: Divulgação)

Todo mundo sabe que para manter o corpo saudável e esbelto é preciso aliar a prática de exercícios físicos a uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes e vegetais. Mas, com a correria do dia a dia, nem sempre é possível conquistar a aparência dos sonhos apenas com o que se coloca no prato ou com alguns minutos semanais de academia.

Os nutricosméticos, cápsulas de vitaminas e minerais, são a alternativa para aqueles que buscam complementar o cuidado com a saúde e beleza de uma forma prática e inteligente. Esta busca crescente deve fazer o mercado de nutracêuticos, nutricosméticos e suplementos crescer 7,2%, em 2018, segundo estimativa da MarketsandMarkets.

A empresa gaúcha Inbeauty desenvolveu nutricosméticos com o inovador sistema Direct Caps, que proporciona maior eficiência a partir da nanotecnologia. “Nossos produtos são compostos por pequenas partículas inteligentes, capazes de fazer com que o organismo absorva, de forma mais rápida e eficiente, as vitaminas e minerais presentes nas cápsulas. Em pouco tempo, o consumidor perceberá os efeitos em sua pele, cabelo e unhas”, explica o CEO da empresa, Luís Canabarro Cunha.

Considerados alimentos funcionais por possuírem nutrientes que atuam na manutenção do organismo, os nutricosméticos podem ser usados por mulheres e homens, sem necessidade de receita. Gestantes, lactantes e crianças podem consumir desde que sob orientação de um médico ou nutricionista. As cápsulas mostram seus efeitos depois de 30 dias de uso, mas há relatos de melhoras na terceira semana de tratamento.

 

Deixe seu comentário: