Home > Capa – Caderno 1 > Saiba por que Einstein teve que esperar que um eclipse confirmasse a sua teoria da relatividade

O ator Leonardo DiCaprio devolve o Oscar de Marlon Brando por causa de uma investigação sobre lavagem de dinheiro

Ator disse que devolveria quaisquer doações provenientes de fontes questionáveis. (Foto: Reuters)

O ator Leonardo DiCaprio devolveu um Oscar conquistado por Marlon Brando para investigadores dos Estados Unidos que apuram uma suposta lavagem de dinheiro feita por um fundo de investimento estatal da Malásia, afirmaram os representantes do ator na quinta-feira. DiCaprio também iniciou a devolução de outros itens não identificados que o ator disse que aceitou como presentes para um leilão de caridade e que teve como origem pessoas ligadas ao fundo 1MDB, disseram em comunicado.

Em julho, a empresa de produção de Hollywood Red Granite foi acusada por meio de um processo civil dos EUA de usar 100 milhões de dólares que os promotores disseram que foram desviados do fundo 1MDB para financiar em 2013 o filme “O Lobo de Wall Street”, estrelado por DiCaprio.

DiCaprio disse em outubro que ele estava cooperando com a investigação e que devolveria quaisquer presentes ou doações provenientes de fontes questionáveis. “O senhor DiCaprio começou a devolver esses itens, que foram recebidos e aceitos por ele com o propósito de serem incluídos em um leilão de caridade anual para beneficiar sua fundação”, disse o comunicado da quinta-feira.

“Ele também devolveu o Oscar originalmente conquistado por Marlon Brando, que foi entregue ao senhor DiCaprio como um presente conjunto da Red Granite para agradecer por seu trabalho em ‘O Lobo de Wall Street'”, acrescentou o comunicado. A Fundação Leonardo DiCaprio, criada em 1998, apoia uma série de projetos ambientais.

Quem foi Marlon Brando

Brando foi um ator de cinema e teatro e diretor norte-americano. É saudado por trazer um estilo realista emocionante na atuação em filmes, e é amplamente considerado como um dos maiores e mais influentes atores de todos os tempos. Considerado um dos mais importantes atores do cinema dos Estados Unidos.

Brando foi um dos três únicos atores profissionais, juntamente com Charlie Chaplin e Marilyn Monroe, a fazer parte da lista de 100 pessoas mais importantes do século compilada pela revista Time, em 1999.  Brando foi, também, um ativista, apoiando diversas causas, mais notavelmente o movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos e diversos movimentos em defesa dos índios norte-americanos.

É mais conhecido pelos seus papéis como Stanley Kowalski em A Streetcar Named Desire (1951), Emiliano Zapata em Viva Zapata! (1952), Marco Antônio na adaptação da MGM da peça de Shakespeare, Julius Caesar e Terry Malloy em On the Waterfront (1954). Durante os anos 70, ele foi mais famoso por seu desempenho vencedor do Oscar de melhor ator como Don Vito Corleone, em The Godfather (1972), de Francis Ford Coppola, e, também, pelo seu papel como Coronel Walter Kurtz em Apocalypse Now (1979), também de Coppola. Brando também recebeu uma indicação ao Oscar pelo desempenho como Paul em Last Tango in Paris (1972), além de ter dirigido e estrelado One-Eyed Jacks (1961).

Comentários