Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > “Natal em Cordas” é atração no final de semana do Natal Luz de Gramado

O Campeonato Municipal de Futebol de Várzea começa neste sábado em Porto Alegre

Torneio será disputado por 33 equipes das categorias Veterano e Master. (Foto: Luciano Lanes/PMPA)

Com seis jogos da seletiva da categoria Veteranos, começa às 15h30min deste sábado (15) a 26ª edição do Campeonato Municipal de Futebol de Várzea em Porto Alegre. As partidas ocorrem no Parque Marinha e nos campos da Padaria (rua Dr. Pereira Neto, s/n, bairro Tristeza) e da Gleba (rua Ovídio Chaves, 75, bairro Rubem Berta), com entrada gratuita.

A primeira fase do torneio será disputada aos fins de semana, até dia 30 de setembro, por 33 equipes de todas as regiões da cidade, em duas categorias: Veterano, com 18 times, e Master, com 15 equipes. A segunda fase do Veterano será nos três sábados de outubro. Já a segunda fase do Máster deve ser definida em Congresso Técnico a ser realizado em 2 de outubro. A promoção é da Diretoria de Esporte, Recreação e Lazer da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte.

No fim de agosto, foram realizados os Congressos Técnicos para aprovação dos regulamentos e os sorteios das chaves. Para o coordenador do evento, professor Marzo Vargas, o principal benefício do campeonato é a integração e confraternização que a competição proporciona. “Com o Municipal de Futebol de Várzea, mantemos uma tradição esportiva dos bairros da Capital.”

Futebol de várzea

O futebol de várzea representa uma configuração do futebol que surgiu no Estado de São Paulo e se espalhou por praticantes e campeonatos organizados em várias cidades do país. Começou a partir da prática do esporte em campos feitos em locais abertos nos anos 50.

A organização desta prática amadora fez surgir os primeiros times, também conhecidos como clubes de várzea. Estes clubes são, basicamente, sociedades informais que funcionam como ponto de encontro de amigos. Grandes craques do futebol brasileiro e do mundo foram revelados na várzea, ratificando o bom nível técnico apresentado pelos times da várzea no passado.

O perfil do jogador varzeano é de uma pessoa que trabalha em carga horária completa e eventualmente faz outra atividade física ou de ex-jogadores profissionais. Apesar do grande crescimento das cidades, muitos campos de várzea sobrevivem graças ao esforço de clubes e comunidades locais, que veem no futebol uma forma de encontrar os amigos para descontrair aos fins de semana e de manter as crianças da comunidade em uma atividade esportiva ativa, especialmente em comunidades carentes.

Deixe seu comentário: