Últimas Notícias > CAD1 > STJD denuncia goleiro do Inter por expulsão no Grenal

O Clube dos Jangadeiros, em Porto Alegre, recebe a partir desta sexta-feira o campeonato mundial de barcos controlados por rádio. Evento conta com cerca de 80 competidores de 25 países

Esta é a primeira vez que o evento se realiza na América do Sul. (Foto: Divulgação/Jangadeiros)

Localizado junto à orla do Guaíba na Zona Sul de Porto Alegre, o Clube dos Jangadeiros recebe a partir desta sexta-feira o Campeonato Mundial da classe IOM (International One Meter), competição de barcos por rádio controlado. Serão nove dias de regatas junto às águas do Guaíba, no oeste da ilha do clube, próximo ao monumento das velas de pedra.

Esta é a primeira vez que o campeonato se realiza na América do Sul, e a expectativa é de que aproximadamente 80 velejadores de 25 países participem das provas. A competição, que acontece a cada dois anos, teve sua primeira edição promovida em 1994, na França. Os competidores disputarão as primeiras regatas, que acontecem no terceiro dia de evento, divididos em cinco flotilhas.

“É gratificante receber esse reconhecimento e ter a possibilidade de sediar as competições mundiais em nosso clube”, destaca o comodoro Pedro Pesce. “A nossa expectativa é realizar um grande campeonato e fazer com que os velejadores levem na memória as belezas de nossa ilha.”

“Nosso clube foi escolhido para sediar esta grande competição após recebermos o Campeonato Sul-Americano da classe. Esperamos que os ventos ajudem para as regatas que vão reunir os principais nomes da IOM nas águas do Guaíba”, disse Carlos Henrique de Lorenzi, o “Dedá”, que integra a Comissão de Regatas e de apoio ao campeonato.

O Campeonato Mundial de IOM é organizado pela ABVRC (Associação Brasileira de Veleiros de Rádio Controlado), o Clube dos Jangadeiros e a Associação Internacional da Classe IOM, em conjunto com a WS (World Sailing), IRSA (International Radio Sailing Association) e a CBVela (Confederação Brasileira de Vela).

Este será também o quinto campeonato mundial de vela sediado pelo Clube dos Jangadeiros. O primeiro foi o Mundial de Snipe, em 1959, que também, naquela oportunidade, foi o primeiro da classe realizado abaixo da linha do Equador. O clube também recebeu os mundiais de 470 em 1980 e 1996, e novamente a competição de Snipe, em 1993.

Tradição

Fundado em 7 de dezembro de 1941, o Clube dos Jangadeiros foi idealizado por Leopoldo Geyer (1892-1944), que liderou um pequeno grupo de apreciadores da vela que residiam na Zona Sul da capital gaúcha e que se ressentiam da falta de um clube dedicado ao esporte na região.

Em novembro daquele ano, Leopoldo adquiriu a chácara onde está situada a sede do continente e, em seguida, saiu à procura de sócios para a criação de um clube náutico. No início do mês seguinte, o plano acabou se concretizando, já com 98 sócios-fundadores.

Em mais de 78 anos de atuação, o Jangadeiros conquistou diversos campeonatos nacionais, sulamericanos e mundiais – além da participação de atletas ligados à agremiação em sete Olimpíadas. Além disso, organizou e sediou campeonatos de vela em nível nacional, sulamericano a mundial (quatro edições), consolidando a sua reputação no circuito mundial do iatismo.

(Marcello Campos)