Últimas Notícias > CAD1 > “O que aconteceu na Libertadores ficou para trás”, afirma David Braz sobre reencontro com o Flamengo

Detran recebe inscrições para curso à distância de educação para ciclistas

Atividade abordará diversos aspectos do uso das bikes. (Foto: Lucas Barroso/Divulgaçao PMPA)

O Detran (Departamento Estadual de Trânsito) do Rio Grande do Sul recebe inscrições para a sétima edição do curso à distância de educação para ciclistas. A atividade começará na próxima segunda-feira, com vagas limitadas, carga horária total de 24 horas (dedicação de seis horas semanais durante quatro semanas).

Os conteúdos incluem história da bicicleta, normas de circulação, relação dos ciclistas com motoristas e pedestres, dentre outros tópicos. Também são abordados temas técnicos, tais como equipamentos de segurança, normas de estacionamento, integração com o transporte coletivo e compartilhamento de “bikes”.

Além da gratuidade, os participantes recebem certificado. O público-alvo são educadores, profissionais com perfil multiplicador, ciclistas e demais pessoas que pretendam utlizar esse meio de transporte em seu dia-a-dia. Para participar, é necessário fazer um cadastro no Portal de Educação do site www.detran.rs.gov.br.

Material didático

No início deste ano, a necessidade de um bom relacionamento entre motoristas, motociclistas e ciclistas motivou técnicos do Detran gaúcho ao desenvolvimento de um guia para uso nas aulas de primeira habilitação e reciclagem nos CFC (Centros de Formação de Condutores), as antigas “autoescolas”. O material didático está disponível no Portal da Educação do site do Departamento.

O conteúdo foi desenvolvido a partir de discussões do Grupo de Trabalho para a Segurança de Ciclistas, que durante dois anos reuniu funcionários do õrgão e grupos de usuários desse meio de transporte. A apresentação reforça a responsabilidade dos motoristas em relação aos ciclistas que, junto com os pedestres, são as pessoas mais vulneráveis no trânsito.

A ideia principal é a da necessidade de compartilhamento das vias. De acordo com a legislação de trânsito do Brasil, a bicicleta também é um veículo.

Multas

No início de março, o Conatran (Conselho Nacional de Trânsito) revogou uma resolução que previa a aplicação de multas para pedestres e ciclistas que cometessem infrações no ambiente de trânsito, circulando fora das áreas permitidas. A medida entraria em vigor  após ser adiada por 12 meses.

O órgão, subordinado ao Ministério da Infraestrutura, alegou ter tomado a medida levando em consideração o fato de que o assunto exige discussões que envolvem engenharia, educação e fiscalização de trânsito. Além disso, o conselho também elencou, entre os motivos, a necessidade de se promover campanhas educativas para o trânsito.

Informou, ainda, que aprovou a realização de um Campanha Nacional de Educação para o Trânsito, até abril de 2020, envolvendo os pedestres, ciclistas e motociclistas. O tema escolhido para a campanha 2019/2020 foi: “No trânsito, o sentido é a via”.

“Antes de estabelecer sanções, deve-se promover efetiva campanha educativa para que todos os envolvidos no trânsito respeitem aqueles que são mais vulneráveis e que eles próprios saibam como ter uma atitude preventiva de acidentes”, sublinhou o órgão em nota na ocasião.

(Marcello Campos)