Últimas Notícias > CAD1 > Bolsonaro disse que dará asilo a médicos cubanos que o pedirem

O governo gaúcho anunciou a quitação de salários até 1 mil e 300 reais

Palácio Piratini já manifestou sua preocupação sobre a impossibilidade de manter o crescimento das despesas do RS ao índice da inflação. (Foto: Arquivo/Piratini)

O governo do Rio Grande do Sul afirmou que pretende quitar, nesta segunda-feira (12), os salários de outubro para os servidores com rendimento líquido de até R$ 1.300. O depósito estará disponível na rede bancária nas primeiras horas da manhã, o que contemplará perto de 27 mil matrículas (22% do funcionalismo do Poder Executivo). As informações são da Sefaz-RS (Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul).

A partir do início do calendário mensal de arrecadação de ICMS, a Secretaria da Fazenda igualmente confirmou que realizaria, nesta sexta-feira (9) o repassa das chamadas consignações relacionados à folha do mês de setembro, o que representou R$ 180 milhões. São valores que o servidor autoriza o desconto nos seus vencimentos, como empréstimos e contratação de serviços junto aos bancos ou entidades sindicais. Deste total, o principal repasse é para o Banrisul, que chega a R$ 131 milhões.

Para quitar os salários de até R$ 1.300 serão necessários outros R$ 79,3 milhões. Na virada do mês, houve possibilidade financeira apenas para realizar o depósito da décima parcela já atualizada do 13º salário de 2017 para todos os servidores, o que representou o desencaixe de R$ 110 milhões. Houve também o repasse da indenização pelo atraso da folha do mês de setembro no montante de R$ 1 milhão.

As próximas quitações ocorrerão de acordo com o comportamento da receita. A parte líquida da folha de outubro fechou em R$ 1,228 bilhão, sem considerar os valores das consignações. Ao todo, o Executivo contempla neste mês mais de 342 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

Deixe seu comentário: