Home > Notícias > Brasil > Lula lidera pesquisa de intenções de voto para a eleição presidencial de 2018, aponta o Datafolha

“Mulher Maravilha” lidera a bilheteria nos Estados Unidos e supera a estreia de “A Múmia”, com Tom Cruise

Super-heroína é interpretada pela israelense Gal Gadot. (Foto: Reprodução)

Pela segunda semana consecutiva, o longa-metragem “Mulher Maravilha” liderou a bilheteira norte-americana, ofuscando a estreia de “A Múmia”, estrelado por Tom Cruise. De acordo com dados publicados nesta semana pelo site especializado Box Office Mojo, a aventura da super-heroína arrecadou 57,2 milhões de dólares, valor 45% menor em relação à sua estreia, quando o normal é que essa queda fique em uma faixa entre 50% e 60%.

O filme, protagonizado pela belíssima atriz israelense Gal Gadot (de “Velozes e Furiosos”), Chris Pine e Robin Wright, conta a origem da personagem, que começa como Diana, princesa das Amazonas, até descobrir que o mundo enfrenta a Primeira Grande Guerra. É quando ela decide lutar no conflito bélico, aliando-se às forças lideradas pelos Estados Unidos.

Múmia

“A Múmia”, por sua vez, arrecadou 32,2 milhões de dólares, um valor inferior ao das estreias dos três filmes correspondentes à saga protagonizada por Brendan Fraser entre 1999 e 2008.

Terror, intriga e aventura é o que propõe o diretor Alex Kurtzman no longa, no qual Tom Cruise interpreta um arqueólogo de moral duvidosa e que precisa combater a Ahmanet (papel de Sofia Boutella), uma antiga monarca ecípcia que desperta de seu túmulo.

Em terceiro lugar, a animação “Capitão Cueca” arrecadou 12,3 milhões de reais. Nesta história, dirigida por David Soren e com as vozes na versão original de Kevin Hart e Ed Helms, dois brincalhões chamados George e Harold conseguem hipnotizar o seu chefe e o convencem de que ele é um super-herói.

O quarto lugar ficou com “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar”, com uma bilheteria de 10,7 milhões de dólares. No filme, o espanhol Javier Bardem interpreta um fantasmagórico e assustador capitão da coroa espanhola que quer se vingar do pirata Jack Sparrow (Johnny Depp) por ter destruído a sua vida anos atrás. Como curiosidade adicional, a aventura conta com a participação do ex-beatle Paul McCartney no papel de um dos corsários.

Por último, “Guardiões da Galáxia – Volume 2” completa a lista com 6,2 milhões de dólares. Nesta produção, os protagonistas embarcam em novas missões siderais, com o mesmo bom humor do primeiro filme e sob o ritmo da música da década de 1980, que embala a tentativa dos personagene em desvendar o mistério em torno da figura do pai de Peter Quill (Chris Pratt).

Proibição

Apesar do sucesso e do status de uma das mais aguardadas produções de super-heróis deste ano, “Mulher Maravilha” vem enfrentando alguns problemas para ser exibido no Oriente Médio.

No fim do mês passado, o governo Líbano baniu a estreia do longa nos cinemas do paós por conta da nacionalidade da Gal Gadot: a atriz é israelense e o país é inimigo de Israel.  O veto partiu do grupo “Campanha para Boicotar Apoiadores de Israel-Líbano”.

Eles pressionaram o governo com o pressuposto de que a atriz é defensora das políticas militares de Israel, sendo contra a Faixa de Gaza, região da Palestina administrada pelo grupo militante Hamas. Inclusive, Gal Gadot – que também já foi Miss Israel – servia ao Exército do país judeu,em 2006, durante a devastadora Guerra Israel-Hezbollah.

O Líbano boicota produtos vindos de Israel e proíbe os seus cidadãos de viajar para o outro país ou de ter contato com pessoas de lá.

Comentários