Últimas Notícias > Capa – Destaques > Presidente do Chile decreta estado de emergência após protestos contra o aumento da passagem do metrô

O Grêmio enfrenta o Atlético-MG em duelo de times focados na Copa Libertadores

O goleiro Paulo Victor (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio faz o importante jogo deste domingo (06) contra o Atlético Mineiro, às 16 horas, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro, a última do primeiro turno, com a perspectiva de poupar os seus principais titulares.

Somando 36 pontos e precisando vencer para não deixar o líder Corinthians disparar, o técnico Renato Gaúcho fez mistério antes do duelo, mas deve focar o jogo desta quarta-feira contra o Godoy Cruz (Argentina), em Porto Alegre, na volta das oitavas de final da Copa Libertadores – o time brasileiro ganhou a ida por 1 a 0.

A única confirmação de Renato Gaúcho foi a presença do goleiro Paulo Victor, contratado recentemente do Flamengo e que fará a sua estreia. Recuperado de contusão, Marcelo Oliveira pode ocupar a lateral esquerda na vaga de Cortez, que deve ser poupado. Mas o atacante paraguaio Lucas Barrios e o lateral-direito Edilson, vetados, mais uma vez desfalcam o Grêmio.

Além de fazer mistério sobre a escalação, o treinador minimizou a postura do adversário, que também focará a Libertadores e poupará os titulares. Para Renato Gaúcho, o Atlético Mineiro tem um elenco forte e fará um jogo difícil mesmo com os reservas.

“Independentemente de quem vier do outro lado, é uma equipe que vamos respeitar porque tem um grande plantel e grandes jogadores”, elogiou Renato Gaúcho. “O Atlético Mineiro praticamente só tem a Libertadores ainda, não está mais na Copa do Brasil. Mas, na minha cabeça, não entra que vou colocar um time em campo dependendo da escalação do Atlético. Depende do Grêmio, do que a gente precisa, do que a gente vem passando, dos jogadores que estão no limite deles”. (AE)