Últimas Notícias > Colunistas > TRF, Lula e Moro

O Grêmio recebeu uma homenagem do governo do Estado pela conquista do tricampeonato da Libertadores da América

Elenco tricolor foi representado por Marcelo Grohe, Ramiro e Bressan, além do presidente Romildo Bolzan. (Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini)

O Salão Negrinho do Pastoreio do Palácio Piratini ficou lotado na tarde dessa segunda-feira para uma homenagem do governo do Estado ao Grêmio pelo tricampeonato da Copa Libertadores da América, conquistado na Argentina na noite da última quarta-feira, diante do Lanús.

Durante o evento, o governador José Ivo Sartori recepcionou o presidente tricolor Romildo Bolzan e os jogadores Marcelo Grohe, Bressan e Ramiro, acompanhados da taça continental. Personalidades da política ligadas ao clube também marcaram presença, tais como o vereador Tarciso Flecha Negra e o deputado federal Danrlei, ambos ex-atletas do clube e que também ergueram a taça em suas respectivas carreiras (respectivamente em 1983 e 1995).

Antes dos discursos, um telão exibiu um vídeo com momentos importantes da trajetória do clube na competição. “Estamos na casa do Rio Grande do Sul. O Grêmio se sente honrado porque, antes de mais nada, somos um time gaúcho. Se há um sentimento que o nosso estado sempre teve foi a solidariedade. E nós sentimos isso quando chegamos da Argentina e agora também”, ressaltou Bolzan.

Sartori, por sua vez, reforçou a importância da conquista para o Estado. “Transmitam a todos integrantes do Grêmio os Nessa caminhada, vocês não representam apenas o Rio Grande do Sul. Vocês são o Brasil e a América”, afirmou. O chefe do Executivo foi interrompido por gritos e aplausos quando citou os nomes do goleiro, do zagueiro e do volante presentes na cerimônia. O trio levou para os colegas uma placa alusiva à façanha.

Nesta terça-feira, a partir das 14h, será a vez da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul prestar a sua homenagem ao time do técnico Renato Portaluppi. Um dia antes da viagem para os Emirados Árabes, uma sessão plenária especial ressaltará a campanha vitoriosa do Mosqueteiro no mais importante certame de futebol do continente.

Mundial

O Grêmio embarca nesta quarta-feira para os Emirados Árabes, em busca do bicampeonato mundial de Clubes (que venceu em 1983, contra o Hamburgo da Alemanha), a partir do dia 12. A reapresentação do elenco, após cinco dias de folga desde a conquista do tri da América, ocorreu também na tarde dessa segunda-feira, no Centro de Treinamentos Luiz Carvalho.

A rotina de preparativos começou com atividades de recuperação física. Quem atuou contra o Lanús na final da Libertadores permaneceu apenas no vestiário, enquanto os demais integrantes do grupo campeão foram submetidos a trabalhos específicos no gramado, sob o comando do preparador Rogério Dias.

Nesta terça-feira, os atletas trabalham às 16h na Arena, encerrando a fase brasileira de treinos. O Grêmio ainda treinará nos Emirados antes de seu primeiro confronto no mundial, marcado para as 15h (horário de Brasília) do dia 12 (terça-feira), em Al Ain. O adversário será o vencedor do duelo entre Pachuca (México) e Wydad Casablanca (Marrocos), que se enfrentam no dia 12.

Logística

O voo fretado pela companhia aérea Azul seguirá direto para o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. De lá, a delegação gremista será dividida em dois grupos, rumo à Europa – uma parte fará conexão em Londres (Inglaterra) e a outra em Frankfurt (Alemanha).

No retorno, programado para o dia 17, serão três grupos: o primeiro voltando por Londres, o segundo por Frankfurt e um terceiro pela cidade de Madrid (Espanha). A divisão definida pela logística do Clube tem como objetivo disponibilizar as classes executivas das aeronaves para toda a comissão técnica, atletas e diretoria.

O primeiro compromisso do Grêmio para o Mundial de Clubes será em Al Ain, localizada cerca de 140 km de Dubai, onde o Tricolor enfrentará no dia 12 o vencedor de Pachuca (México) e Wydad Atlhetic Club (Marrocos), que se enfrentam no próximo sábado.

Do outro lado da tabela, o Urawa Red Diamonds (Japão) enfrentará o vencedor do jogo entre Auckland City (Nova Zelândia) e o Al-Jazira, os “donos da casa”, marcado para esta quarta-feira. De uma dessas três equipes sairá o adversário do Real Madrid (Espanha) na semifinal.

Tanto a finalíssima (que poderá colocar frente a frente o Grêmio do técnico Renato Portaluppi e o Real Madrid de Zinedine Zidana) quando a decisão do terceiro e quarto lugares do torneio estão marcados para o dia 16 (sábado). Independente do desfecho da participação tricolor, a delegação gaúcha permanece nos Emirados Árabes retorna no dia 17 para o Brasil.

Deixe seu comentário: