Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Fair

Capa – Coluna Direita O Grêmio venceu o Botafogo por 1 a 0 na Arena e está nas semifinais da Copa Libertadores da América

Gol foi marcado pelo atacante Lucas Barrios aos 17 minutos do segundo tempo. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Diante de uma Arena lotada por mais de 50 mil torcedores na noite dessa quarta-feira, feriado de 20 de Setembro no Rio Grande do Sul, o Grêmio conseguiu uma vitória apertada de 1 a 0 sobre o Botafogo no jogo de volta do mata-mata das quartas-de-final da Copa Libertadores da América. O gol foi marcado pelo atacante Lucas Barrios, aos 17 minutos do segundo tempo.

Com esse resultado, o Tricolor garantiu uma vaga nas semifinais da competição (da qual o clube gaúcho é o vencedor das edições de 1983 e 1995), contra o Barcelona de Guayaquil, do Equador, que venceu o Santos por 1 a 0 em plena Vila Belmiro, no mesmo horário. A primeira partida, fora de casa, está marcada para o dia 25 de outubro.

As outras duas vagas para a fase seguinte serão decididas na noite desta quinta-feira. Na primeira partida, às 19h15min, o River Plate (Argentina) recebe o Jorge Wilstermann (Bolívia), após perder o primeiro confronto por 3 a 0. Na sequência, às 21h45min, os argentinos do Lanús enfrentam em Buenos Aires os conterrâneos do San Lorenzo (o time do papa Francisco), que venceu o duelo de ida por 2 a 0.

O jogo

Após um empate sem gols na semana passada, Grêmio e Botafogo voltaram e ase enfrentar em um confronto marcado por boas chances de gol de ambos os lados. Aos 5 minutos, Bruno Cortez finalizou para fora. A resposta veio quatro minutos depois, com uma conclusão de calcanhar defendida por Marcelo Grohe.

Aos 21 minutos, Lucas Barrios desviou uma cobrança de lateral e Fernandinho concluiu no travessão, para desespero da torcida gaúcha. No lance seguinte, dois minutos mais tarde, o alvi-rubro Pimpão se aproveitou de um vacilo do tricolor Kannemann mas a bola mais uma vez parou nas mãos do goleiro gremista.

No minuto seguinte, foi a vez dos visitantes acertarem a trave, com uma arriscada de Bruno Silva. Eles voltariam à carga aos 33 minutos, com um chute forte de Victor Luis que exigiu o salto de Marcelo Grohe, afastando o perigo. O time carioca protagonizou mais um contra-ataque, aos 34 minutos, mas o zagueiro Pedro Geromel apareceu na hora certa para cortar o cruzamento de Pimpão para Roger. Em seguida, o botafoguense Arnaldo recebeu de Bruno Silva e cruzou rasteiro na área, mas João Paulo furou, perdendo uma das oportunidades mais claras de finalização da partida.

Na etapa complementar, o Grêmio foi o responsável pelas jogadas de maior risco ao adversário. Com apenas um minuto de bola rolando, Michel aproveitou uma cobrança de falta de Fernandinho e cabeceou, para excelente defesa de Gatito. Aos 10 minutos, Lucas Barrios cabeceou sobre o alvo em cobrança de escanteio.

Foi aos 17 minutos, com um novo testaço do argentino naturalizado paraguaio, que o Tricolor gaúcho selou o destino da partida. Edílson cobrou falta da direita, Barrios se ganhou da marcação de Matheus Fernandes e concluiu para o fundo do alvo.

Empolgado, o time da casa quase ampliou a vantagem aos 28 minutos. Kannemann cabeceou depois de um escanteio, a bola desviou em Arthur e Gatito fez grande defesa. Pelos minutos seguintes, ambas as equipes se alternariam em jogadas de ataque com maior ou menor ofensividade, sem que o placar sofresse alteração. O apito final soou aos 50 minutos, em meio a foguetórios e buzinaços tricolores em Porto Alegre.

Escalações

O Grêmio do técnico Renato Portaluppi colocou em campo Marcelo Grohe, Edílson, Pedro Geromel, Walter Kannemann, Bruno Cortez, Michel, Arthur, Ramiro (Luan), Léo Moura (Everton), Fernandinho e Lucas Barrios (Jailson).

Já o Botafogo, sob o comando de Jair Ventura, escalou Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello, Victor Luis, Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes (Leonardo Valencia), João Paulo (Brenner), Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger.

Todas de Capa – Coluna Direita

Compartilhe esta notícia:

Sete brasileiros são indicados à seleção do ano da Fifa
Brasil cria 35,5 mil vagas de trabalho formal em agosto, diz governo
Deixe seu comentário
Pode te interessar