Últimas Notícias > Notícias > Brasil > A Justiça mandou bloquear 263 milhões de reais do ex-governador do Paraná Beto Richa, de dois deputados e de mais 10 investigados da Operação Quadro Negro

O IBGE prevê para este ano uma safra 5% menor que a de 2017, mas a soja deve alcançar uma produção recorde

Em relação à estimativa anterior, feita em abril, a produção caiu 0,8%. (Foto: Agência Brasil)

Em sua quinta estimativa para o ano, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) projeta uma safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas de 228,1 milhões de toneladas, volume 5,2% menor que a do ano passado (240,6 milhões de toneladas).

Em relação à estimativa anterior (230,0 milhões de toneladas), feita em abril, a produção caiu 0,8%.

A estimativa da área a ser colhida foi de 61,2 milhões de hectares, uma alta de 43.260 hectares frente à área colhida em 2017.

Somados, o arroz, o milho e a soja são 92,9% da estimativa da produção e 87,0% da área a ser colhida.

Em relação a 2017, houve alta de 2,6% na área da soja e reduções de 7,3% na área do milho e de 3,6% na área de arroz.

Já a produção de soja deve alcançar seu recorde histórico com 115,8 milhões de toneladas, 0,7% maior que no ano passado, segundo o IBGE, enquanto milho e arroz devem cair 15,1% e 7,0%, respectivamente.

Regiões

Entre as Grandes Regiões, a produção apresentou a seguinte distribuição: Centro-Oeste (101,4 milhões de toneladas), Sul (75,4 milhões de toneladas), Sudeste (23,1 milhões de toneladas), Nordeste (19,6 milhões de toneladas) e Norte (8,6 milhões de toneladas).

Outros produtos

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola também analisa o comportamento de outras lavouras. A cana-de-açúcar, principal produto agrícola brasileiro em volume de produção, deverá fechar o ano com 703,1 milhões de toneladas, 2,2% a mais do que no ano passado.

O café, com 3,4 milhões de toneladas, deve ter aumento de 23,3% em relação ao ano passado. A mandioca também deverá ter alta (0,5%), assim como o tomate (0,6%) e o cacau (8,3%).

Deverão ter quedas a laranja (-9,4%), uva (-17,5%), batata-inglesa (-11,1%), banana (-3%) e o fumo em folha (-5,8%).

Levantamento

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) é uma pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras dos principais produtos agrícolas, com informações das Comissões Municipais (COMEA) e/ou Regionais (COREA); consolidadas pelos Grupos de Coordenação de Estatísticas Agropecuárias (GCEA) e posteriormente, avaliadas pela Comissão Especial de  Planejamento Controle e Avaliação das Estatísticas Agropecuárias (CEPAGRO) constituída pelo IBGE e o Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento (MAPA).

Os levantamentos para cereais (arroz, milho, aveia, centeio, cevada, sorgo, trigo e triticale), leguminosas (amendoim e feijão) e oleaginosas (caroço de algodão, mamona, soja e girassol) foram realizados em colaboração com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), órgão do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), continuando um processo de harmonização das estimativas oficiais de safra, iniciado em março de 2007.

Deixe seu comentário: