O Inter prossegue os treinos para o jogo contra o Figueirense e chama de volta um zagueiro que estava emprestado ao futebol do Nordeste

Lesão de Klaus apressou a repatriação de Thales (foto), que estava no CSA-AL. (Foto: Reprodução)

De olho no duelo contra o Figueirense-SC pela vigésima-quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na manhã dessa terça-feira o Inter realizou a segunda de um total de cinco sessões preparatórias previstas para esta semana. A atividade no centro de treinamentos do Parque Gigante foi intensa, com muita movimentação, inclusive por parte do meia D’Alessandro, que ficou de fora da partida em Caxias do Sul devido a um edema na coxa direita mas já está liberado para entrar em campo.

O zagueiro Danilo Silva, recuperado de um entorse no tornozelo esquerdo, também voltou a trabalhar normalmente e, junto com o Ernando, passa a ser opção para a defesa, desfalcada por Klaus, que sofreu fratura no punho esquerdo e só deve retornar aos trabalhos com bola em dois meses. Outro que está à disposição é o volante Rodrigo Dourado, que cumpriu suspensão diante do Juventude devido ao terceiro cartão amarelo.

Os trabalhos começaram com exercícios físicos no gramado, seguidos de um treino tático comandado pelo técnico Guto Ferreira em campo reduzido, com dez atletas de cada lado. Dentre as prioridades da manhã estavam o teste de alternativas para saída de bola e transição da equipe da defesa para o ataque. O grupo retorna ao complexo esportivo da avenida Padre Cacique nas manhãs desta quarta, quinta e sexta-feira.

A comissão técnica ainda não definiu a escalação para o confronto contra os catarinenses, mas uma provável formação teria Danilo Fernandes no gol, Cláudio Winck e Uendel nas laterais, Victor Cuesta e Ernando (Danilo Silva) na zaga, mais os volantes Edenilson e Rodrigo Dourado e os meias D’Alessandro, além de Eduardo Sasha, Wlliam Pottker (Nico López) e Leandro Damião no ataque.

Situação

Marcado para as 16h30min do próximo sábado no estádio Beira-Rio, o embate contra o Figueirense é fundamental para o Inter voltar ao topo da tabela, posição assumida pelo América-MG após o tropeço colorado para o Juventude no último fim-de-semana, que interrompeu uma sequência de seis vitórias consecutivas na competição.

O time do Saci é o segundo colocado, com 42 pontos somados até o momento (dois a menos que os mineiros). A equipe tem o segundo melhor ataque e a segunda melhor defesa do certame. No primeiro turno, jogando em Florianópolis (SC), o Inter venceu por 2 a 1, com gols de Victor Cuesta e Diego.

Thales

A terça-feira também foi marcada pelo retorno do zagueiro Thales, 24 anos, que estava cedido por empréstimo ao CSA de Alagoas, no qual conquistou a titularidade e chegou a ser eleito o melhor atleta de sua posição no campeonato estadual. A sua repatriação foi possível graças a uma cláusula do contrato que previa essa hipótese a qualquer momento em que o Inter desejasse contar novamente com o jogador.

Formado nas categorias de base do Beira-Rio, ele estava no clube nordestino desdo janeiro e tem vínculo com o Colorado até outubro do ano que vem. Antes, o zagueiro já havia atuado pelo Atlético-GO e pelo Bahia.

Trata-se de uma opção para a vaga do lesionado Klaus. “Eu gostaria de agradecer imensamente aos presidentes do CSA, às tias da cozinha, aos seguranças, roupeiros, massagistas, bem como à torcida e a todos os que abriram as portas do clube pra mim”, declarou Thales ao confirmar a sua saída de Maceió (AL). “Também fico feliz por voltar ao Inter, que me abriu as portas para o futebol profissional.”

Deixe seu comentário: