Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Partly Cloudy

Brasil “O meu partido é o Brasil”, diz Bolsonaro sobre possível saída do PSL

. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro sugeriu nesta quinta-feira (10) que não pretende deixar o PSL. “Eu já sou casado e você quer arrumar outra mulher para mim?”, brincou o presidente, após ter sido questionado sobre para qual partido ele iria se saísse do atual. Nos últimos dias, o presidente fez críticas públicas ao partido pelo qual se elegeu em 2018.

Antes disso, depois de ter sido perguntado sobre se iria mesmo deixar a sigla, afirmou que o seu partido é o Brasil, slogan que usou durante a campanha eleitoral. Depois, brincou que o seu partido é a Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), que promove evento do qual o presidente participou em São Paulo.

Na terça-feira (08), o presidente pediu para um apoiador “esquecer” o PSL e deu sinais de que pretendia mudar de partido, mas na quarta amenizou o tom. Mesmo assim, ele tenta encontrar uma saída para deixar o PSL sem que parlamentares de seu grupo percam mandato por infidelidade partidária. Ciente de que essa solução pode demorar, decidiu adotar outra estratégia.

Confrontado pelo presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), que praticamente o desafiou a deixar a legenda, Bolsonaro disse que só tem feito reclamações “do bem”, para corrigir os rumos do partido.

Voltar Todas de Brasil

Compartilhe esta notícia:

“O programa destaca o talento empreendedor em inovação”, diz o governador Eduardo Leite no lançamento do Inova RS
Governo apresenta reforma estrutural do Estado aos militares
Deixe seu comentário
Pode te interessar