Últimas Notícias > Esporte > Pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores, o Inter perdeu por 2 a 0 para o Flamengo no Maracanã

O preço médio da gasolina nas bombas cai pela nona semana seguida

O valor do diesel subiu, interrompendo uma sequência de 6 quedas. (Foto: EBC)

O preço médio da gasolina nas bombas caiu cerca de R$ 0,02 na semana passada, ou cerca de 0,48%, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (15) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Com isso, o valor do combustível registrou a nona queda semanal consecutiva.

Segundo o levantamento semanal, o litro da gasolina terminou a semana custando ao consumidor, em média, R$ 4,378 por litro. O valor é uma média calculada pela ANP com base em dados coletados em diversas cidades. Os preços, portanto, podem variar de acordo com a região.

No ano, o preço da gasolina acumula alta de 0,78% para o consumidor. A variação está bem abaixo do dado mais recente da inflação oficial no país: até junho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulou alta em 2019 de 2,23%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os preços médios do etanol e do botijão de gás de cozinha também caíram na semana passada. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, o valor médio do etanol nas bombas teve redução de aproximadamente R$ 0,01, ou 0,64%, para R$ 2,779 por litro. No ano, o combustível tem queda de preços acumulada em 1,56%.

A queda do preço do gás foi de aproximadamente R$ 0,12, ou 0,17%, para o valor médio de R$ 69,15. No ano, o produto tem queda acumulada de 0,08%.

Enquanto isso, o preço médio do diesel para o consumidor terminou a semana em alta. O aumento foi de 0,11%, o que representa menos de R$ 0,01, para R$ 3,555. No ano, há alta acumulada de 3%.

Assim como ocorre com a gasolina, os preços médios informados para o etanol, diesel e gás de cozinha são médias calculadas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis com dados de diversas cidades, e portanto os valores podem variar regionalmente.

Petrobras mantém preços inalterados

A Petrobras informou nesta segunda-feira (15) que manteve inalterados os preços da gasolina e do diesel nas refinarias. Com o anúncio, o preço do litro da gasolina será mantido em R$ 1,6817 por litro. Já o preço do diesel, sem o ajuste, será mantido em R$ 2,0649 por litro.

As informações constam em site da empresa, no qual a petroleira detalha preços praticados nos 37 pontos de suprimento do mercado brasileiro, para a gasolina, o diesel S10 e o diesel S500. No site, é possível perceber que os preços em vigência, para hoje, são os mesmos observados para sábado dia 13 de julho.

Em 8 de julho, a Petrobras reduziu em 4,4% o preço da gasolina e em 3,8% o preço do diesel. Há pouco mais de um mês, a empresa já tinha anunciado mudanças, novamente, em seu formato de divulgação de reajustes nos preços de gasolina e diesel. Em meio à retomada do debate nacional sobre os preços praticados pela estatal, frente às ameaças de uma nova greve dos caminhoneiros, a estatal passou a divulgar em seu site os preços praticados pela empresa, à vista, nos 37 postos de suprimento do mercado brasileiro.

Deixe seu comentário: