Últimas Notícias > Atividades Empresariais > Cláudia Aragón ministra curso “Limpando Texto” na ESPM

O Real Madrid admitiu que uma possível negociação para ter Neymar como seu jogador giraria em torno de 1 bilhão e meio de reais

Neymar postou um vídeo emocionado dizendo que está feliz no PSG. (Foto: Reprodução)

O jornal espanhol Marca estampou na capa desta sexta-feira o objetivo do Real Madrid em levar Neymar para o Santiago Bernabéu. Mesmo enfrentando problemas e especulações sobre a insatisfação de Cristiano Ronaldo com o clube, o Real estaria “com Neymar na cabeça”, conforme a publicação, e apesar da dificuldade, a diretoria admitiu que a negociação giraria em torno de 1,56 bilhões de reais (400 milhões de euros).

Ainda segundo o jornal espanhol, representantes do Real Madrid foram informadas por pessoas próximas do jogador que ele gostaria de atuar com os madrinistas em algum momento de sua carreira. O clube espanhol só deve iniciar as conversas com o jogador se o Paris Saint-Germain der o aval.

O proprietário do PSG, NassrAl-Khelaifi, não estaria disposto a negociar o seu mais importante jogador do elenco. Neymar foi negociado do Barcelona para o PSG, no início da temporada 2017/2018 europeia, e ainda não completou nem um ano no Parque dos Príncipes.A imprensa espanhola também tem ventilado ultimamente sobre a insatisfação do brasileiro em estar na França, apesar dele já ter desmentido emocionado em um vídeo que está feliz lá.

Proposta para Messi

Em junho de 2013, o staff de Lionel Messi se deparou com uma oferta inusitada. Naquele mês, o Real Madrid iniciou uma investida para tentar tirar o argentino do Barcelona. A informação foi revelada nesta sexta-feira (12) pela revista alemã “Der Spiegel”, com base na plataforma “Football Leaks”, que conta com uma rede de jornalistas investigativos de toda a Europa.

De acordo com a publicação, o então advogado da família de Messi, Iñigo Suárez, informou ao pai do jogador que o clube merengue estava disposto a pagar a cláusula de rescisão do argentino, avaliada na época por 250 milhões de euros (cerca de 975 milhões de reais).

A publicação afirma ainda que a intenção do Real Madrid era pagar 23 milhões de euros (equivalente a 89 milhões de reais) anuais ao meio-campo, além de um salário anual de 1 milhão de euros (aproximadamente 3,9 milhões de reais) à Jorge Messi, pai de Lionel.

Ainda de acordo com o “Der Spiegel”, uma das propostas para atrair Messi à Madri seria resolver um dos maiores problemas do jogador fora dos gramados. A publicação diz que os representantes do Real Madrid prometeram exercer pressão sobre o presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, para resolver uma denúncia contra o jogador por fraude fiscal.

Em resposta ao EIC – consórcio de jornalistas investigativos da Europa –, o Real Madrid disse que “a informação não se ajusta de maneira alguma à realidade, é completamente falsa”.

Novo contrato no Barcelona

O novo contrato de Lionel Messi com o Barcelona, assinado em novembro do ano passado, lhe rende ganhos de mais de 104 milhões de euros (403 milhões de reais) brutos por ano, segundo revelou o jornal francês “Mediapart” nesta sexta-feira. O veículo se baseia em documentos obtidos pelo “Football Leaks”. Tal valor é o maior da história do futebol e representa mais do que o dobro recebido por Cristiano Ronaldo, no Real Madrid, e Neymar, no PSG.

O “Fottball Leaks” é um site que tem vazado vários contratos e documentos ligados aos grandes clubes e personagens do futebol.

Deixe seu comentário: