Últimas Notícias > | > Exposição sobre carreira de Sandy e Júnior chega a Porto Alegre nesta sexta-feira

Fora de casa, o time alternativo do Inter enfrenta neste domingo o Goiás pelo Campeonato Brasileiro

Delegação colorada desembarcou em Goiânia no fim da tarde deste sábado. (Foto: Divulgação/Inter)

Com uma série de jogos em três competições paralelas, o Inter volta a campo às 17h deste domingo, pela décima sexta rodada do Campeonato Brasileiro, no qual ocupa o sétimo lugar na tabela (24 pontos). O adversário da vez é o Goiás, décimo terceiro colocado (18 pontos).

Obrigado a preservar titulares para o jogo de volta contra o Flamengo pelas quartas-de-final da Copa Libertadores da América (no estádio Beira-Rio), o técnico Odair Hellmann colocará em campo no estádio Serra Dourada uma equipe alternativa. A delegação colorada desembarcou em Goiânia (GO) no final da tarde deste sábado.

Os preparativos foram encerrados pela manhã, no centro de treinamentos do Parque Gigante. No gramado, o comandante do Saci acompanhou uma atividade recreativa com todo o grupo de atletas, antes de orientar um trabalho específico em campo reduzido e apenas com uma parte do elenco, sem esboçar a formação que começará o primeiro tempo.

Ele conta com o retorno do atacante Nico López, que cumpriu suspensão no último jogo pelo Brasileirão, contra o Fortaleza-CE, quando o Inter obteve a sua primeira vitória fora de casa no torneio. Ele viajou para Goiás, assim como o meia Nonato, que concedeu entrevista coletiva em que falou da busca de reaproximação do G-4.

“Temos chance de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro e o nosso foco, agora, é o Goiás”, frisou. “Vamos ouvir o professor Odair para saber o que ele tem a dizer sobre o jogo, a fim de chegarmos lá e fazer uma grande partida.” Uma possível escalação colorada neste domingo terá Danilo Fernandes, Zeca, Klaus (Bruno Fuchs), Emerson Santos, Natanael, Rithely, Bruno Silva, Nonato, Sarrafiore, Wellington Silva e Tréllez (Nico López).

Libertadores

Na noite da próxima quarta-feira, o Inter recebe o Flamengo em Porto Alegre para o duelo de volta das quartas-de-final da Copa Libertadores da América. O fator local, que tem favorecido o Colorado na maioria das partidas (o time de Odair permanece invicto em casa no Brasileirão), é uma das apostas do clube e da torcida (que já esgotou os ingressos) reverter a situação do time no torneio continental.

Após a derrota de 2 a 0 para o rubronegro carioca no estádio Maracanã, na semana passada, agora o Saci precisa pelo menos devolver o mesmo placar em casa, levando assim para as cobranças de pênaltis a decisão sobre quem avançará às semifinais da competição continental. Se não lever nenhum gol e fizer três, o Colorado conseguirá o objetivo no tempo normal. Difícil, mas não impossível, ainda mais quando se trata de futebol.

“Não interessa adversário ou circunstância, a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande costuma encher sua casa, empurrando o Clube do Povo até o final, sem jamais deixar de acreditar”, enalteceu o site oficial colorado. “Para a partida da próxima semana, nova multidão certamente tomará as arquibancadas do Gigante, que, lotado, promete cantar em uníssono pelo Inter”.

O mesmo texto prossegue: “Os 90 minutos decisivos das quartas da América serão mais um momento em que o Gigante, tomado por sua gente, colocará à prova sua história. Templo do futebol, respeitado por todos os amantes do esporte, o Beira-Rio mantém em sua estrutura mais do que cimento e argamassa. Estádio com alma, carrega consigo mística por ninguém explicada, mas por todos sentida, e que será essencial na busca pela classificação”.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: