Últimas Notícias > Esporte > Na Copa América, Argentina e Paraguai empataram em 1 a 1

O time Sub-23 do Inter empatou em 1 a 1 com o Santos e é campeão brasileiro de Aspirantes

Equipe colorada havia vencido o primeiro duelo, em casa, por 3 a 1. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

O Inter conquistou o Campeonato Brasileiro de Aspirantes, no fim da tarde desse domingo, ao empatar em 1 a 1 com o Santos na Vila Belmiro. Como havia vencido por 3 a 1 o jogo de ida no estádio Beira-Rio, o Colorado levou a taça mais importante da categoria Sub-23 no País. Diego Cardoso havia colocado o Peixe em vantagem no final do primeiro tempo, mas na etapa complementar o atacante Joanderson igualou o placar.

Ao longo da partida, o time do Saci demostrou muita organização. No primeiro tempo, o goleiro Igor não chegou a sofrer grande pressão na maior parte do tempo, e o Inter quase marcou primeiro, em um lance de Ronald, que pegou uma sobra na entrada da área, matou a bola e, sem deixar cair, chutou por cobertura, acertando o travessão.

Já os donos da casa, em um de seus poucos lances de perigo, abriram o placar com Diego Cardoso, que recebeu o passe na grande área e chutou cruzado, no canto.

No segundo tempo, o Santos partiu para cima, em busca do gol que poderia levar a decisão para os pênaltis. Mas o Inter soube segurar a pressão santista com competência tática e aproveitamento de espaços para investidas na base do contra-ataque.

Aos 28 minutos, Mossoró passou por dois marcadores na faixa esquerda do gramado, foi à linha-de-fundo e cruzou rasteiro para o goleador Joanderson (autor de um dos gols do primeiro duelo da decisão) concluir, de perna esquerda. Depois disso, o Santos se atirou de vez ao ataque, mas a defesa colorada aguentou a pressão. Nos últimos minutos, o arqueiro alvi-rubro ainda fez uma importante defesa, garantindo o resultado e o título.

Equipe principal

Em mais um capítulo nas negociações de dezembro para reforçar o seu grupo para a temporada do ano que vem, a direção do Inter confirmou a contratação do lateral-direito Ruan e do volante Gabriel Dias. Ambos realizarão exames médicos e devem assinar com o clube gaúcho nos próximos dias.

Os dois atletas começaram as suas carreiras profissionais em 2014 e deixaram as suas marcas com boas atuações na Série B do Campeonato Brasileiro de 2017 – que teve o Colorado como vice-campeão, atrás do América-MG.

Nascido no Rio de Janeiro, Ruan Gregório Teixeira tem 22 anos e foi apontado como um dos destaques do Campeonato Carioca, com a camisa do Madureira, antes de disputar 25 partidas da Segundona pelo Boa Esporte Clube de Varginha (MG), também sendo considerado um dos melhores nomes da equipe. Ele chega por empréstimo até dezembro de 2018.

Já Gabriel Dias de Oliveira, 23 anos e natural de São Paulo, jogou a temporada de 2017 pelo Paraná Clube, após passagens por Palmeiras, Boa Esporte Clube, Mogi Mirim-SP e Bragantino-SP. Titular absoluto do time de Curitiba (PR), o volante esteve em campo durante 47 jogos desde janeiro, incluindo 31 rodadas pela Série B e três gols marcados. Ele foi um dos pilares do time que reconquistou o acesso à Primeira Divisão, após dez anos. O vínculo com o Inter terá vigência até o final de 2019.

Com esses nomes, já são três as novas caras que o torcedor colorado deverá ver no estádio Beira Rio a partir do dia 2 de janeiro, quando o elenco do clube retoma as suas atividades após mais de um mês de férias. No final de novembro, a direção colorada já havia anunciado a contratação do atacante Roger, que vestiu neste ano a camisa do Botafogo mas não atua desde setembro, quando passou por uma cirurgia para retirada de um tumor benigno no rim direito.

Sondagens

Além disso, os cartolas do Saci prosseguem as sondagens e tratativas para incrementar o elenco. De acordo com fontes ligadas ao clube, há boas chances de “repatriação” do zagueiro Rodrigo Moledo, que jogou no Colorado de 2010 a 2013 e atualmente está em fase final de contrato – e descontente – com o Panathinaikos (Grécia).

Também entraram no radar do estádio Beira-Rio atletas como o volante Bruno Silva, do Botafogo (que poderia ser envolvido em uma troca pelo atacante colorado Eduardo Sasha, mais uma compensação financeira ao Alvi-rubro) e o meia-direita argentino Walter Montoya, do Sevilla (Espanha).

Consta, ainda, que a direção do Inter estaria avaliando a viabilidade de três nomes oferecidos recentemente pelo Lanús (Argentina), que perdeu para o Grêmio a final da Copa Libertadores da América. São eles o meia-atacante uruguaio Alejandro Silva, o atacante Lautaro Acosta e o volante Iván Marcone, ambos argentinos. Outros clubes brasileiros também estariam interessados em um ou mais integrantes desse trio.

Deixe seu comentário: