Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Saiba o que as câmeras do “iPhone 11” têm de especial

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, recebeu o título de “Cidadão Emérito de Porto Alegre”

Nascido em 1953, general da reserva construi boa parte de sua trajetória militar no Rio Grande do Sul. (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)

Em cerimônia realizada no final da tarde dessa sexta-feira na Câmara de Vereadores, o vice-presidente da República, general da reserva Hamilton Mourão, recebeu o título de “Cidadão Emérito de Porto Alegre”. A honraria foi entregue no Plenário da Casa, com a participação de diversas autoridades, incluindo o prefeito Nelson Marchezan Júnior e o governador Eduardo Leite.

“Expressa-se, através dos vereadores, a gratidão de ver a nossa cidade representada em tão alto nível hierárquico da nossa nação, não apenas por sua posição mas também pelos feitos do homenageado durante toda a sua trajetória militar e política”, discursou o chefe do Executivo gaúcho em seu pronunciamento.

Leite aproveitou a sessão especial para agradecer ao vice-presidente pelo apoio em relação às demandas do Rio Grande do Sul junto ao Palácio do Planalto. O reconhecimento incluiu elogios ao estilo do militar. “Com a sua voz firme e sem tergiversar, ele não deixa de expressar aquilo que acredita, ao mesmo tempo em que, sempre com razoabilidade, exerce de forma leal as suas convicções e valores”.

Trajetória

O título de “Cidadão Emérito de Porto Alegre” é dedicado a pessoas naturais na capital gaúcha e que, na avaliação dos vereadores, tenham contribuído para o desenvolvimento local. No caso do general da reserva (cujo nome completo é Antônio Hamilton Martins Mourão), ele nasceu em 15 de agosto de 1953 e construiu parte de sua carreira militar no Rio Grande do Sul.

Seu currículo inclui o comando do 27º Grupo de Artilharia de Campanha no município de Ijuí, bem como da 6ª Divisão de Exército em Porto Alegre. Ele chefiou, ainda, o CMS (Comando Militar do Sul), órgão máximo do Exército nos três Estados da Região Sul.

A carreira política foi iniciada oficialmente após entrar para a reserva, em fevereiro do ano passado. Nas eleições de outubro, foi eleito vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (também ex-militar, embora em menor patente, a de capitão), posto que ocupa desde o dia 1º de janeiro.

Ao receber o diploma e a medalha da Câmara municipal, Mourão lembrou da infância em Porto Alegre e de momentos que marcaram sua vida pessoal e profissional em solo gaúcho. “Eu tenho recebido muitas homenagens, mas esta, na minha própria terra, particularmente me emociona”, ressaltou o homenageado.

(Marcello Campos)