Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Itália confirma condenação à prisão perpétua de Cesare Battisti

Ônibus oferece testes de HIV, sífilis e hepatite neste sábado

Resultado dos testes sai em 30 minutos, em dois consultórios de atendimento. (Foto: Cristine Rochol/Arquivo PMPA)

Testes rápidos e gratuitos de HIV, sífilis e hepatites B e C, orientações de prevenção e distribuição de preservativos estarão disponíveis ao público na unidade móvel do projeto Fique Sabendo. Neste sábado (9), os exames serão oferecidos em frente à sede da Secretaria Municipal de Saúde (avenida João Pessoa, 325), no Viaduto Dona Leopoldina, durante a atividade Prato Feito, das 9h as 14h.

Nesta semana, o ônibus esteve na rua Doutor Gastão Rhodes, 188, integrando a Semana de Prevenção de Acidentes de Trabalho do Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos). Em dois dias de atendimento, 5 e 6, foram realizados 664 testes em 166 pessoas, sendo 139 não-reagentes, um reagente para HIV, 12 para hepatite C e 15 para sífilis.

A estrutura tem espaço para testagem rápida e acolhimento e é adaptada a pessoas com necessidades especiais. Com segurança e privacidade, o resultado dos testes sai em cerca de 30 minutos, em dois consultórios de atendimento.

O trabalho é feito por servidores da prefeitura, e não há restrição ou orientação especial para realizar os exames. Crianças de até 12 anos devem estar acompanhadas de um adulto ou responsável legal. A partir de 12 anos, é necessário apresentar um documento de identidade.

Projeto Fique Sabendo

A ideia do projeto é ampliar a prevenção e diagnosticar precocemente as infecções sexualmente transmissíveis, além de aumentar o encaminhamento para tratamento, que deve começar o quanto antes. O objetivo ainda é que pessoas diagnosticadas reagentes ao HIV não abandonem o uso da medicação antirretroviral, necessária à manutenção da qualidade de vida.

A forma mais segura de se proteger de doenças sexualmente transmissíveis é usar camisinha na relação sexual. A população também tem acesso a testes rápidos nas unidades de saúde de referência, onde podem ser obtidas orientações e mais informações.