Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
31°
Fair

Notícias Os passageiros do transporte público de Porto Alegre já podem acompanhar em tempo real os deslocamentos dos ônibus

Todos os veículos da frota ganharam sistema GPS que pode ser acessado pelo celular. (Foto: Divulgação/EPTC)

Desde essa quarta-feira, os passageiros do transporte público de Porto Alegre podem recorrer ao telefone celular para conferir, em tempo real, o deslocamento dos ônibus. A novidade, que abrange 100% da frota, foi viabilizada pela instalação de um sistema de GPS. Além de horários e trajetos, é possível verificar características do veículo (incluindo acessibilidade e ar-condicionado) e quais linhas passam em uma parada, por exemplo.

A nova ferramenta está disponível no aplicativo Tri Transporte Integrado e também pode ser baixada, de forma gratuita, em lojas virtuais de aplicativos para smartphones em sistema Android e iOS. Os respectivos links são informados no site oficial www.portoalegre.rs.gov.br.

Para o secretário extraordinário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Tortoriello, essa tecnologia também dá às empresas de ônibus e ao órgão gestor o poder de gerenciar e monitorar pela internet toda a frota em operação, possibilitando a prestação de um serviço de melhor qualidade aos usuários:

“A entrega faz parte de um conjunto de melhorias que estamos implantando no sistema de transporte coletivo de Porto Alegre, trazendo modernidade, informação e dignidade às pessoas”.

A obrigatoriedade do sistema foi regulamentada pelo decreto municipal 19.836/2017, assinado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior e que estabelece prazos e critérios gerais no Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus. Já as normas serão implementadas pela ATP (Associação dos Transportadores de Passageiros).

Ao lançar o aplicativo, o chefe do Executivo declarou que o papel da máquina pública é viabilizar, regulamentar e qualificar o transporte coletivo utilizado pelos cidadãos, em especial os mais vulneráveis: “Trata-se de um avanço gigantesco, que vai gerar conforto, previsibilidade e mais dignidade a todos os porto-alegrenses, que agora poderão planejar melhor suas vidas, e com mais segurança”.

Perfil

O sistema de transporte coletivo da Capital conta com 12 empresas, 677 mil passageiros transportados por dia, 420 linhas, mais de 6 mil paradas e cerca de 1,6 mil veículos coletivos. Segundo a presidente da ATP, Tula Vardaramatos, foi preciso mais de um ano de trabalho complexo para que todo o sistema estivesse funcionando plenamente em uma cidade do tamanho de Porto Alegre.

“O mais importante é que as vantagens são para todos: para os clientes, para as empresas de ônibus e para os órgãos gestores. Além de trazer informação e segurança, a tecnologia facilita o controle e a fiscalização do serviço”, salientou.

A tecnologia que está sendo utilizada no GPS é das empresas Prodata e Cittati, e a gestão de todo o processo fica a cargo da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação). “Uma melhor qualidade de vida da população está diretamente ligada à qualidade do transporte público”, diz o diretor-presidente da empresa pública, Fábio Berwanger.

Já para a presidente da Carris, Helen Machado, essa inovação representa um fato histórico para a companhia: “Ao longo de sua trajetória, a empresa sempre se adaptou às mudanças. Esta etapa será lembrada em sua trajetória, com um transporte por ônibus diferente a partir de agora em Porto Alegre”.

Processo

– A prefeitura publicou, em 22 de setembro de 2017, um decreto que estipulava o dia 31 de dezembro de 2018 como data limite para a implantação do sistema de GPS;

– Após assinatura do decreto, a prefeitura concedeu 60 dias para empresas de ônibus começarem a instalar o GPS na frota;

– Em fevereiro de 2017, a linha T12 começou a operar com GPS, em projeto-piloto;

– No início deste ano, aproximadamente 80% dos ônibus da capital gaúcha já estavam com seus GPS instalados pela ATP;

– Em maio de 2019, a EPTC assinou um termo com a Carris e a ATP para disponibilizar, no terceiro trimestre, a instalação dos GPS em toda a frota, meta cumprida nessa quarta-feira, 14 de agosto.

(Marcello Campos)

Todas de Notícias

Compartilhe esta notícia:

Em apenas três meses, o Brasil sofreu 15 bilhões de tentativas de ataques na internet
Governador Eduardo Leite cumprirá agenda no Uruguai nos próximos dias 20 e 21
Deixe seu comentário
Pode te interessar