Últimas Notícias > Capa – Destaques > Os próximos dias serão quentes e úmidos no Rio Grande do Sul

Os trabalhadores da Fiat na Itália anunciaram uma greve após o acerto da Juventus com o jogador Cristiano Ronaldo. A montadora é dona do clube

Vendedora segura camiseta da Juventus com nome e número de Cristiano Ronaldo, em Turim. (Foto: Reprodução)

Trabalhadores da fábrica da FCA (Fiat-Chrysler) na cidade de Melfi, no Sul da Itália, anunciaram greve de dois dias em protesto ao alto valor desembolsado pela Juventus para a contratação de Cristiano Ronaldo. A Exor, holding de investimentos da família Agnelli com 30% das ações da montadora e também sócia majoritária da Juventus, desembolsará 100 milhões de euros (450 milhões de reais) na compra do ex-jogador do Real Madrid.

“É inaceitável que, enquanto os (proprietários) da FCA pedem aos trabalhadores por enormes sacrifícios econômicos durante anos, o mesmo decide gastar centenas de milhões de euros para a compra de um jogador”, divulgou o sindicato da categoria em nota. Os trabalhadores paralisarão as atividades às 20h de domingo (15) até às 6h de terça-feira (17).

“É justo? É normal que uma pessoa ganhe milhões enquanto milhares de família de trabalhadores não chegam nem ao fim do mês?”, questiona o sindicato. “Somos todos trabalhadores do mesmo dono, mas, como nunca neste momento de enorme dificuldade social, essa diferença de tratamento não pode e não deve ser aceita”, complementou.

Passagem

Velho dono da camisa 7 na Juventus, Cuadrado fez a passagem de bastão na Velha Senhora e entregou o número de forma simbólica a Cristiano Ronaldo. O colombiano ainda postou uma foto segurando a camisa (uma versão antiga, é bem verdade) que o português usará na Juventus, já com o nome do craque impresso nas costas. “É mais abençoado dar do que receber. A minha benção ao parceiro Cristiano nesta nova aventura️”, postou o colombiano.

Esse tipo de passagem de bastão não é a regra na Europa. O mesmo Cristiano Ronaldo, quando foi contratado pelo Real Madrid, vestiu inicialmente a 9, já que o ídolo Raúl já usava a 7. O mesmo aconteceu, por exemplo, com Zidane, que escolheu a 5 ao chegar ao clube merengue, uma vez que Figo era o dono da 10. Uma exceção à regra foi Neymar ao desembarcar na temporada passada no Paris Saint-Germain. Na ocasião, ele ficou com a 10 de Pastore.

Pouco depois de Cristiano Ronaldo ser anunciado como reforço na última terça-feira, a loja oficial da Juventus começou a comercializar a camisa do atacante. O sortudo a comprar o primeiro uniforme com o nome do português foi o chinês Ethan Lee.

Depois de nove temporadas no Real Madrid, Cristiano Ronaldo chega a Turim para vestir a camisa bianconera. O jogador tem contrato de quatro anos com o clube, válido até junho de 2022. A Velha Senhora disse que pagará 100 milhões de euros (o equivalente a 447 milhões de reais) ao Real Madrid, divididos em dois anos, – além do valor destinado ao mecanismo de solidariedade, além de outros encargos, avaliados em 12 milhões de euros (cerca de 53,7 milhões de reais).

 

 

Deixe seu comentário: