Últimas Notícias > Colunistas > Mala$ do João

Para “humanizar” revista em visitantes, Penitenciária de Canoas adota uso de scanner corporal

(Foto: Reprodução/ Susepe)

A partir desta segunda-feira (5), a Penitenciária Estadual de Canoas 1 (Pecan) passa a contar com um scanner corporal para a realização da revista nos visitantes. Até o momento, funcionários do presídio realizavam a tradicional revista íntima, considerada “vexatória”. A inserção do equipamento tem, principalmente, como objetivo, incentivar o aumento de visitantes familiares.

O scanner também possibilita uma visão mais qualificada do indivíduo e, por essa razão, permite que seja realizado um controle maior da entrada de objetos proibidos nas unidades prisionais. Para o titular da Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen), Cesar Faccioli, este equipamento é uma forma de utilizar a tecnologia em prol da segurança.

A diretora da Pecan 1, Magda Pires, também demonstra que a primeira e mais importante mudança é evitar o constrangimento por parte dos visitantes, que precisavam se despir diante dos servidores penitenciários. “O uso do scanner é um aliado para estimular o aumento de visitantes. A média de entrada era cerca de 170 visitas por dia, fazendo com que a nossa missão de humanização e inclusão social seja efetivamente eficaz”, expôs Magda.