Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Capa – Caderno 1 Polícia Civil prende, nesta semana, mais de 170 pessoas e apreende 15 adolescentes

Toneladas de alimentos foram apreendidos em ações da Polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil realizou, nesta semana, 150 ações e operações que resultaram na prisão de mais de 170 pessoas e na apreensão de 15 adolescentes. Foram apreendidas mais de 20 armas, além de quantidade significativa de drogas. O foco de atuação da Polícia Civil, no período, foi o combate aos homicídios, tráficos de drogas e crimes patrimoniais. Além disso, houve a apreensão de grande quantidade de produtos alimentícios impróprios para o consumo.

Visando ao combate ao crime de homicídio, foram presas 28 pessoas. Um dos presos é suspeito pela morte de menino de nove anos, ocorrida em 15 de abril deste ano. Em outra ação, foram presos dois homens e uma adolescente suspeitos do homicídio de uma adolescente uruguaio em Quaraí, no último dia 12.

Por tráfico de drogas foram presas mais de 30 pessoas. Em mais uma ação da Operação Nômade, que visa o combate ao tráfico de drogas no interior do Estado, foram presas duas pessoas suspeitas por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo, em Tabaí.

O combate aos crimes patrimoniais apresentou importantes resultados, sendo presas mais de 60 pessoas, uma das prisões foi de uma mulher condenada pela prática do crime de latrocínio. Um depósito clandestino para ocultação de veículos roubados, situado no Bairro Medianeira, na Capital foi localizado e quatro pessoas foram presas suspeitas de receptação.

Mais de 17 toneladas de alimentos impróprios para o consumo foram apreendidos. Durante fiscalização conjunta realizada pela Polícia Civil, Ministério Público, Secretaria Estadual de Agricultura e Pecuária e Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal, em Bento Gonçalves, foram verificadas diversas irregularidades nos estabelecimentos visitados, que expunham à venda produtos e gêneros alimentícios sem indicação de procedência, carnes indevidamente refrigeradas, além de alimentos com prazo de validade vencido. Na ação, três homens foram presos em flagrante por crime contra as relações de consumo.

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

Governo admite que pode adiar a votação da proposta de reforma da Previdência
Mãe é presa por suspeita de ser a mandante da morte da própria filha, de 13 anos, em Santa Cruz do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar