Últimas Notícias > | > Segunda Chance – A vida depois da doença é o novo livro assinado pelo Dr. Fernando Lucchese

Polícia Federal prende o vice-presidente do Facebook por descumprir ordens judiciais

(Foto: Alberto Araújo/AE)

Policiais federais prenderam na manhã dessa terça-feira, em São Paulo, o vice-presidente da rede social Facebook na América Latina, Diego Jorge Dzodan. A ação foi tomada a pedido da Justiça de Sergipe após a rede social descumprir decisão judicial de compartilhar informações trocadas no WhatsApp por suspeitos de tráfico de drogas. O Facebook é dono do WhatsApp desde o começo de 2014.

Dzodan estava indo para o trabalho no Itaim Bibi, na Zona Sul da capital paulista, quando foi preso. Ele foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) e depois prestará depoimento na Polícia Federal.

Os policiais cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz criminal da comarca de Lagarto, em Sergipe, Marcel Montalvão. Em casos de prisão preventiva, não há prazo para o investigado deixar a prisão.

Segundo a polícia em Sergipe, o representante descumpriu ordens de repassar à Justiça informações armazenadas em serviços do Facebook, imprescindíveis para produção de provas a serem utilizadas em uma investigação de crime organizado e tráfico de drogas.

Em nota, a assessoria de imprensa do Facebook no Brasil disse que a medida é extrema. “Estamos desapontados com a medida extrema e desproporcional de ter um executivo da empresa escoltado até a delegacia devido a um caso envolvendo o WhatsApp, que opera separadamente do Facebook”, disse um porta-voz. (AG)