Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Conselho da Caixa quer afastar vice-presidentes definitivamente

A polícia francesa recuperou as joias roubadas do hotel Ritz em Paris

As joias estavam expostas no estabelecimento situado dentro do hall do hotel. (Foto: Reprodução)

As joias roubadas por um grupo de cinco homens na quarta-feira (10) no luxuoso hotel Ritz, em Paris, na França, avaliadas em pelo menos 4 milhões de euros, foram recuperadas pela polícia em uma bolsa que estava em poder de um dos dois bandidos que conseguiram escapar após o assalto e entre os destroços das vitrines quebradas durante a ação, informaram os veículos de comunicação locais.

Segundo as notícias veiculadas na imprensa francesa, as autoridades encontraram a maior parte das joias quando recuperaram uma bolsa de um dos dois assaltantes que conseguiram fugir. Ele estava em uma motocicleta, mas deixou a bolsa cair quando atropelou um pedestre. Já os artigos restantes foram encontrados entre os destroços das vitrines quebradas pelos assaltantes.

Três bandidos foram presos imediatamente após o assalto e polícia segue à procura dos outros dois membros foragidos do grupo. O carro de um deles foi descoberto na quinta incendiado em Sannois, na periferia norte de Paris.

O roubo na joalheria do Ritz foi amplamente divulgado pela imprensa, tanto por seu caráter espetacular, como pelo fato de ter ocorrido em uma das áreas mais exclusivas da capital francesa, na Praça Vendôme, no Centro de Paris.

Cinco homens, pelo menos um deles munido com um machado, quebraram na tarde de quarta-feira as vitrines e roubaram as joias expostas no estabelecimento situado dentro do hall do hotel.

Deixe seu comentário: