Últimas Notícias > Notícias > Brasil > “Reforma administrativa vai demorar um pouquinho mais ainda”, afirma Bolsonaro

Polícia prende homem que vendeu arma de fogo para atiradores de Suzano

Ex-alunos, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, invadiram a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo. (Foto: Reprodução)

O responsável pela venda da arma de fogo que foi utilizada pelos atiradores do massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), foi preso na tarde desta quinta-feira (2). O homem de 41 anos foi capturado pela Polícia Civil de São Paulo e ficará na cadeia, temporariamente, por 30 dias.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, após a investigação da polícia, foi indicado que ele havia vendido aos autores do massacre a arma por intermédio de um outro suspeito, de 47 anos, preso em 11 de abril.

A ação dos atiradores resultou na morte de dez pessoas, incluindo os dois autores. Outras onze pessoas ficaram feridas.