Últimas Notícias > Notícias > Política > Rede de academias já conta oito clientes presos na Operação Lava-Jato

Polícia realiza operação contra tráfico de drogas e anabolizantes no estado

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Durante a manhã desta terça-feira (8), a Polícia Civil deflagrou uma operação contra tráfico de drogas sintéticas e anabolizantes. Ao todo, estão sendo cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, e 13 mandados de prisão preventiva em Porto Alegre, na Região Metropolitana e no Litoral Norte.

As ações estão ocorrendo em Canoas, Porto Alegre, Arroio do Sal, Eldorado do Sul e Gravataí. Até as 7h30, cinco pessoas já haviam sido presas. Segundo a Polícia Civil, o grupo vendia anabolizantes para mais de sete cidades do estado. Com atuação em toda a Região Metropolitana, a venda das substâncias anabólicas incluía testosterona, estanozolol, oximetolona, entre outras. Segundo as investigações, as drogas variavam com preços entre R$ 80 e R$ 300.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O Diretor da 2ª Delegacia de Polícia Metropolitana, delegado Mario Souza, lembra que “crimes como o de tráfico quase sempre envolvem outros delitos, por isso, a importância de serem combatidos e investigados minuciosamente, uma vez que o objetivo principal é sempre manter os criminosos o maior tempo possível respondendo pelos seus crimes.” E ressaltou que “o enfrentamento ao tráfico de drogas sintéticas é necessário pela forma ampla e diferenciada que a droga atinge a sociedade.

Até o momento, a Operação Dopping — referência ao teste realizado em atletas para detectar o uso de substâncias ilegais — apreendeu drogas, cerca de R$ 10 mil e materiais para tráfico. Além disso, sete pessoas foram presas e serão encaminhadas para o sistema prisional.