Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Bolsonaro é a favor de maconha medicinal, mas “não admite” plantio e consumo, diz porta-voz

Policiais prendem suspeito de tiroteio em bonde elétrico na Holanda

Foto: Divulgação/Polícia de Utrecht
*Por Bárbara Assmann

Um homem suspeito de envolvimento no tiroteio que aconteceu em um bonde elétrico , na Holanda, foi preso hoje (18). O ataque vitimou fatalmente três pessoas, sendo que nove ficaram feridas. O nome do suspeito preso não foi divulgado.

Nesta manhã, os policiais divulgaram o nome e imagens do turco Gökman Tanis, de 37 anos, apontado como principal autor dos disparos. Depois do acontecimento, o governo da Holanda elevou o alerta de terrorismo ao nível máximo na província de Utrecht porque o atirador está foragido.

O ataque ocorreu por volta das 10h45 (horário local). Policiais trabalham com a hipótese de motivação terrorista no tiroteio contra um bonde, na Praça 24 de Outubro.

Segundo testemunhas, o homem sacou uma arma e começou a disparar de forma aleatória. Depois fugiu. O governo da Holanda elevou o alerta de terrorismo ao nível máximo na província de Utrecht porque o atirador está foragido.

O prefeito de Utrecht, Van Zanen, lamentou a tragédia e disse que todos estão solidários com os parentes e amigos das vítimas. “Nós abraçamos e apoiamos os que choram.”

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas

Deixe seu comentário: