Últimas Notícias > Esporte > Futebol > Inter > O Inter voltou a treinar com foco no terceiro duelo seguido com o Novo Hamburgo

Porto Alegre tem programação em sintonia com a COP-21 do Clima

Presidenta Dilma chega a Paris para participar da COP-21 (Foto: Roberto Stuckert Filho/divulgação)

A Embaixada da França no Brasil, a Prefeitura de Porto Alegre e a Virada Sustentável  promovem em Porto Alegre, nesta segunda-feira (30) o programa COP-21 do Clima. Estão na agenda, um panorama geral sobre 21ª Conferência do Clima em Paris; a participação de Porto Alegre na COP-21; a apresentação da primeira edição da Virada Sustentável na cidade e a gravação de um vídeo artístico urbano.

De segunda-feira até 11 de dezembro acontece em Paris, na França, a 21ª Conferência das Partes (COP-21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima. O evento busca alcançar um novo acordo internacional sobre o clima, aplicável a todos os países, com o objetivo de manter o aquecimento global abaixo dos 2°C até 2100. A Conferência das Partes (COP), constituída por todos os 196 Estados Partes, é o órgão decisório da Convenção. Reúne-se a cada ano em uma sessão global no qual as decisões são tomadas para cumprir as metas de combate às mudanças climáticas. A COP realizada em Paris será a 21ª, portanto “COP-21”.

24 Horas do Clima em Porto Alegre

Na segunda-feira, ocorre em Porto Alegre a gravação de uma performance artística dentro do projeto 24 heures du climat, que ocorre nos 196 países que participam da COP-21, pretende gerar um vídeo para ser exibido durante a Conferência em Paris. Vale destacar que Porto Alegre foi escolhida pela Embaixada da França como a principal cidade referência no Brasil para sediar iniciativas ligadas a COP porque tornou-se internacionalmente conhecida por realizar edições do Fórum Social Mundial, no início do século 21, além da capital do Rio Grande do Sul ser o segundo estado do País em superfície aquática, fenômeno representado principalmente pela grandiosidade da Lagoa dos Patos.

Virada Sustentável

Festival de mobilização e educação para a sustentabilidade: trata-se de um movimento de articulação entre pessoas, grupos e instituições, públicas e privadas, que têm em comum o objetivo de melhorar a sociedade e o meio ambiente. Iniciativa já está na 5ª edição em São Paulo, com ações desde 2011. Pela primeira vez a Porto Alegre, entre os dias 31 de março e 4 de abril de 2016, é o maior evento do gênero na América Latina e um dos maiores do mundo. Despertar da consciência na sociedade, criação de uma rede colaborativa em torno do tema da sustentabilidade e formulação de uma pauta positiva para a sustentabilidade estão no programa desenvolvido em diversos pontos da cidade no referido período. http://viradasustentavel.com/

Programa 30 de novembro

10h – Cinemateca Capitólio (Demétrio Ribeiro, 1085 – Centro Histórico, Porto Alegre)
Apresentação da COP-21 do Clima e Virada Sustentável com autoridades, comunidade científica e interessados. Aberto ao público.
Participam da mesa:
Conselheiro de Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França, Alain Bourdon
Prefeito de Porto Alegre, José Fortunati
Curador do Studio Clio Instituto de Arte e Humanismo e Coordenador Acadêmico do Seminário da Virada Sustentável, Francisco Marshall

13h – Esquina Democrática  (cruzamento entre Avenida Borges de Medeiros e Rua da Praia – Centro, Porto Alegre)
24 Horas do Clima – 24 heures du climat trata-se de uma gravação da performance artística intitulada “Beijos de amor sobre o concreto da cidade”. Espetáculo protagonizado com rappel cênico tem direção de Marcelo Restori, coreografia e atuação de Fábio Cunha, Fredericco Restori, Aline karpinski e Juliana Coutinho. O grupo vai escalar os edifícios do entorno e criar um diálogo com os transeuntes, num painel de forte impacto visual que representa a relação da paisagem para o cotidiano urbano.

Deixe seu comentário: