Últimas Notícias > Notícias > Brasil > A Bolívia avisou o Brasil e a Argentina que a crise naquele país pode afetar o fornecimento de gás natural

Inter goleia o Juventude por 3 a 0 e é hexacampeão gaúcho no Beira-Rio

Jogadores comemoram o gol de Sasha diante do Ju neste domingo. (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

Foi um domingo (08) especial para os colorados. Em um Beira-Rio lotado, o Inter goleou o Juventude por 3 a 0 e conquistou o hexacampeonato gaúcho pela terceira vez em sua história. Além disso, o time vermelho faturou pela 45ª vez a taça do Gauchão. É o segundo troféu em três meses, pois a Recopa Gaúcha ficou com o Inter em fevereiro.

Antes de a bola rolar na decisão do estadual no Dia das Mães, homenagens foram feitas ao ex-craque e ídolo Larry Pinto de Faria, que faleceu na sexta-feira (06), aos 83 anos, em Porto Alegre. Os jogadores do Inter entraram com a camisa 9 e o nome de Larry às costas. Um mosaico foi exibido na arquibancada e um minuto de silêncio respeitado em sua memória.

Primeiro tempo

O Inter inaugurou o escore aos 15 minutos do primeiro tempo. Eduardo Sasha, livre no segundo pau, cabeceou para as redes depois de levantamento de William. Ninguém do Ju marcou Sasha no lance.

Os colorados exploraram bastante as investidas pelo lado esquerdo de ataque, e Artur teve participação em vários lances. Aos 19min, Anderson cruzou por ali e Aylon quase ampliou. A defesa afastou para escanteio.

O time caxiense teve apenas uma chance clara neste período. Aos 23min, Lucas pegou a bola na área e mandou forte para fora e por cima. Na sequência, o Inter voltou a atacar sempre pela faixa esquerda do gramado.

O mesmo Lucas, aos 45min, chutou para fora em lance da equipe de Caxias do Sul. Mas a etapa inicial terminou com vitória e superioridade do Inter.

Sasha dança valsa com a bandeirinha de escanteio em provocação aos 15 anos sem taças do Grêmio. (Foto: Ricardo Duarte/Inter)
Sasha dança valsa com a bandeirinha de escanteio em provocação aos 15 anos sem taças do Grêmio. (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

Segundo período

Aos 6 minutos, Aylon chutou de esquerda com perigo. A bola bateu na rede pelo lado de fora.

O Alviverde teve oportunidade importante aos 10min. Hugo cabeceou no meio da área, e Alisson defendeu com precisão. O Ju melhorou depois da entrada de Wallacer no lugar de Hélder.

O Inter marcou o 2 a 0 em cabeceio de Paulão, aos 25min, após cobrança de falta de William. A torcida explodiu na arquibancada. A festa começou antes do final. Mas ainda teve tempo para sair o terceiro, em cabeceio de Gustavo Ferrareis depois de cruzamento de Artur. Eram jogados 37 minutos. Quem manda no Estado é o Inter. Hexacampeão com total justiça.

Inter (3): Alisson; William (Paulo Cezar Magalhães), Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob (Jair), Fabinho, Anderson (Gustavo Ferrareis) e Andrigo; Eduardo Sasha e Aylon. Técnico: Argel Fucks.

Juventude (0): Elias; Hélder (Wallacer), Klaus, Héverton (Sassá) e Pará; Wanderson, Lucas, Bruno Ribeiro (Felipe Lima) e Hugo; Dieguinho e Roberson. Técnico: Antônio Carlos Zago.

Local: Estádio Beira-Rio. Arbitragem: Anderson Daronco, com Rafael da Silva Alves e Julio Cesar Rodrigues dos Santos. Gols: Eduardo Sasha (15min/1°T), Paulão (25min/2°T) e Ferrareis (37min/2°T). Cartões amarelos: Paulão e William (INT); Bruno Ribeiro, Héverton, Hugo, Lucas e Pará (JUV). Público total: 42.065. Renda: R$ 2.244.615,00.