Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Gre-Nal deve ter reservas, mas Rômulo garante mesma dedicação: “Vamos dar nosso melhor”

Prefeitura de Porto Alegre e Fundação Iberê lançam projeto nas escolas municipais

(Foto: Elvira Fortuna/Divulgação)

A prefeitura de Porto Alegre lançou, juntamente com a Fundação Iberê, nesta segunda-feira (24), o projeto Iberê nas Escolas, que leva arte ao turno inverso de seis estabelecimentos da rede municipal. A iniciativa faz parte da ação da Secretaria Municipal de Educação (Smed) de qualificar o turno integral oferecido nas escolas municipais. As instituições desenvolverão quatro eixos propostos pela pasta para o contraturno: letramento, numeramento, iniciação científica e educação do sensível (artes e esportes).

As atividades integrarão as áreas de educação ambiental, raciocínio matemático, leitura e escrita de diversos gêneros textuais e habilidades socioemocionais, tendo as artes e suas diferentes linguagens como teia: arquitetura, desenho, pintura, música, teatro, contação de histórias, escultura, linguagem multimídia e montagem de espetáculos e exposições.

Artistas também serão convidados. Na biblioteca, por exemplo, escultores poderão realizar oficinas de personagens, que serão móbiles para ambientação desse espaço. Ao final do ano, cada escola terá um sucatário, um espaço expositivo e uma nova ambientação na biblioteca, com participação ativa dos alunos. Cada turma conta com 25 estudantes e um arte-educador responsável, que atuará três dias por semana. Nos outros dois, os alunos serão atendidos por um artista-educador/oficineiro das áreas de arquitetura, escultura, desenho, pintura, música, contação de histórias, dramaturgia, mídias digitais e curadoria.

Deixe seu comentário: