Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Uma força-tarefa fiscalizará a utilização irregular de um herbicida no Rio Grande do Sul

“Prato Alegre – mais do que comida”: Prefeitura lança edital para oferecer 800 refeições diárias

(Foto: Joel Vargas/Divulgação PMPA)

Prato Alegre – mais do que comida”,  foi lançado nesta quarta-feira(5), pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre, o edital de chamamento público para que Organizações da Sociedade Civil possam prestar o serviço de fornecimento de refeições sociais na capital. O documento foi publicado no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa). As empresas com experiência na área que se cadastrarem devem entregar os envelopes com as propostas no dia 9 de julho.

Até 2018, o executivo municipal investia R$ 1.487.670 por ano com a parceria com as organizações e havia somente um único restaurante popular, que cobrava R$ 1 por refeição. Agora, o investimento será maior, R$ 2.654 milhões por ano e número de restaurantes passará para seis, onde serão distribuídos, de segunda a sexta-feira, cerca de 800 pratos diários, de forma gratuita, para a população em situação de rua, vulnerabilidade social e pobreza extrema.

“Mesmo com todas as dificuldades financeiras que a prefeitura enfrentou, sempre tivemos em mente que os recursos para suprir as necessidades humanas são prioridade deste governo. Aumentamos anualmente os repasses para saúde, educação, segurança e área social e agora estamos praticamente dobrando os recursos para alimentação social”, afirmou o prefeito Nelson Marchezan Júnior.

A secretária de Desenvolvimento Social e Esporte, Comandante Nádia, destacou que: “Nosso trabalho não é só dar um prato de comida e sim oferecer serviços sociais multidisciplinares, que possibilitem a autonomia de cada uma dessas pessoas. Queremos trabalhar para que eles possam mudar de vida e que num futuro não precisem mais da ajuda do poder público.”

Situação atual: 

O Restaurante Popular foi fechado dia 9 de maio deste ano. Atualmente uma alternativa temporária está sendo oferecida pela prefeitura, em parceria com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais do Brasil: almoços gratuitos são servidos no Ginásio Tesourinha, apenas para população em situação de rua cadastrada pela equipe de Assistência Social.

Quem poderá receber o benefício? 

O edital do Restaurante Popular prevê aumentar o leque de usuários do programa, atendendo gratuitamente não só moradores de rua, mas também famílias em situação de extrema pobreza e idosos vulneráveis. Com a mudança, a prefeitura também oferecerá, semanalmente, palestras e oficinas abordando temas relacionados à saúde, trabalho e serviços.

Onde ficarão localizados os novos restaurantes?

Serão, ao todo, seis restaurantes, onde serão servidas refeições de segunda a sexta-feira:

  • 02 restaurantes localizados no Centro – capacidade total de 400 refeições por dia.
  • 02 restaurantes localizados na zona sul – capacidade total de 200 refeições por dia.
  • 01 restaurante localizado na zona norte – capacidade de 100 refeições por dia.
  • 01 restaurante localizado na zona leste – capacidade de 100 refeições por dia.

Confira a íntegra do edital:  http://dopaonlineupload.procempa.com.br/dopaonlineupload/2917_ce_20190605_executivo.pdf