Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Homem é assassinado a tiros em Cachoeirinha

Presidente da Associação de Moradores depõe sobre prédios que desabaram no RJ

O presidente da associação de moradores da Muzema, Marcelo Diniz Anastácio da Silva, prestou depoimento na 16° DP. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O presidente da Associação de Moradores da Muzema, Marcelo Diniz, deu seu depoimento à polícia nesta terça-feira (16). Acompanhado por duas advogadas, ele foi ouvido pela delegada titular da 16ª Delegacia de Polícia (16ª DP), Adriana Belém. A oitiva durou quase seis horas e o foco principal foi o papel das associações de moradores na comercialização de imóveis irregulares no local e em outras áreas controladas pela mesma milícia.

Na saída, Diniz não quis responder perguntas da imprensa, declarando já ter falado com as autoridades. “Já dei todos os esclarecimentos possíveis às autoridades e estou disposto a ajudar no que for possível. Estou muito sentido com tudo”, afirmou ele.

Enquanto a 16ª DP está focada em investigar a tragédia, a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) atua na investigação da milícia que domina a região e constrói prédios ilegalmente. As testemunhas convocadas pela polícia estariam com medo de prestar depoimento.

Até o momento, foram localizadas 16 vítimas do desabamento de dois prédios, na sexta-feira (12), na comunidade da Muzema, no Rio de Janeiro.