Últimas Notícias > Capa – Você viu > Geladinho? Marca de roupas íntimas lança cueca refrigerada

Presidente do TRE visita a Rede Pampa e divulga desafios da nova gestão

Paulo Sérgio Pinto (E), Marilene Bonzanini e Alexandre Gadret durante visita da presidente do TRE à Rede Pampa. (Foto: divulgação)

A Desembargadora Marilene Bonzanini, presidente do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), empossada em maio último, esteve visitando na manhã desta quinta-feira (18) a Rede Pampa de Comunicação, recepcionada pelo presidente e vice-presidente da empresa, Alexandre Gadret e Paulo Sérgio Pinto.

A visita teve por objetivo dar voz aos planos e desafios da atual gestão, que encerra em 2020, ano de eleições municipais, exigindo a necessidade dos eleitores realizarem neste curto prazo o recadastramento de seus dados nos cartórios eleitorais, garantindo a segurança do voto e da urna eletrônica.

Em todo o RS, ainda 72 municípios não estão com o cadastramento concluído. O Estado conta com 168 cartórios eleitorais. Em Porto Alegre são três locais – no TRE da Av. Padre Cacique, no Shopping Praia de Belas e no Tudo Fácil, na Zona Norte da Capital. A presidente Marilene Bonzanini diz que existem possibilidades de ampliação destes pontos em escolas e outros locais, mediante parceria inclusive com a Prefeitura da Capital.

O grande desafio deste ano também fica para o PJE (Processo Judicial Eletrônico), implantado em todas as zonas eleitorais, com equipes já em treinamento para atender desde registros de candidaturas à prestação de contas. O PJE também vai permitir ao eleitor ter seu título validado no celular, através de um aplicativo.

Nos meses de agosto, setembro e outubro, equipes do TRE estarão visitando cerca de 30 municípios gaúchos a fim de divulgar o novo sistema. “Queremos a conscientização do voto, a segurança da urna eletrônica e o resgate da credibilidade da Justiça Eleitoral”. Marilene Bonzanini diz que a importância está também na conscientização do próprio eleitor quanto ao seu papel e dever de votar, “contribuindo para uma melhor democracia”.

Deixe seu comentário: